Vale do Ivaí

ONG Torre Forte assume gestão da Casa de Passagem

A Prefeitura de Ivaiporã manterá o repasse mensal no valor de R$3 mil

Da Redação ·
A Prefeitura de Ivaiporã manterá o repasse mensal no valor de R$3 mil
fonte: Assessoria PMI
A Prefeitura de Ivaiporã manterá o repasse mensal no valor de R$3 mil

A diretora do Departamento de Assistência Social, Flávia Kuss, e a presidente da ONG Torre Forte, Sueli Gevert, assinaram o termo de cessão de uso de imóvel e serviço referente à gestão da Casa de Passagem, que oferece estadia e alimentação à população em vulnerabilidade social que passa pelo município ou precisa pernoitar enquanto um familiar permanece internado em unidade hospitalar, por exemplo.

continua após publicidade

O imóvel foi cedido pela Prefeitura de Ivaiporã, que manterá o repasse mensal no valor de R$3 mil para ajudar na manutenção dos serviços. Além do recurso pago pela administração municipal, a Casa de Passagem mantém parceria com outros municípios da região para acolher aqueles que precisam de estadia e alimentação. 

A coordenadora do Departamento Municipal de Assistência Social, Joice Gonçalves, disse que, após a ONG Torre Forte receber a inscrição definitiva no Conselho Municipal de Assistência Social, poderá concorrer a projetos municipais e estaduais para receber repasses financeiros. A ONG Torre Forte tem o prazo de 2 anos para efetuar a inscrição.

continua após publicidade

A ONG Torre Forte é formada por Sueli Gevert (presidente), Rosineia Pires (vice-presidente), Valmique Silva (1º secretário), Celestino Júnior (2º secretário), Maraclis Ferreira (1ª tesoureira) e Adriano Borghi (2º tesoureiro), e o Conselho Fiscal composto por Inês Souza, Leony Sousa e Fábio Ferreira.

Flávia Kuss parabenizou a ONG Torre Forte por ajudar quem precisa e se colocou à disposição para colaborar com os serviços de atendimento, enquanto o vice-prefeito Marcelo Reis citou exemplos de instituições – Abrigo de Animais Toca de Assis, Lar Santo Antônio e Casa de Passagem, que são administradas por pessoas da sociedade civil organizada.

“É gratificante saber que as pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade poderão ser amparadas na Casa de Passagem pela ONG Torre Forte, que é constituída por profissionais liberais e empresários comprometidos com as causas sociais”, afirmou Marcelo Reis.

A Casa de Passagem atende na Rua Rio Grande do Sul, 51, próxima ao Colégio Objetivo.