Vale do Ivaí

Obra do Contorno de Jandaia do Sul mobiliza 220 trabalhadores; entenda

Construção foi retomada em fevereiro de 2022 e está na fase de limpeza, terraplenagem e drenagem

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Retomadas em fevereiro de 2022, as obras do contorno de Jandaia do Sul envolvem atualmente 220 trabalhadores de empreiteira contratada pela Viapar e estão na fase de limpeza, terraplenagem e drenagem. Até agora, 10% do cronograma foi concluído, segundo balanço da concessionária, que é responsável pela construção mesmo com o fim do Anel de Integração.

continua após publicidade

A pedra fundamental foi lançada em setembro de 2021. Com o fim dos contratos, o início da obra acabou atrasando. A construção está prevista em acordo judicial firmado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER/PR) e a Viapar. 

O acordo, discutido pelo Ministério Público Federal (MPF), foi homologado pela Justiça Federal ainda no final de 2020. A Viapar é uma das concessionárias que atuaram no Anel de Integração e executará as obras mesmo após o término do contrato com o Governo do Estado, em novembro de 2021. Somente em Jandaia do Sul, o investimento total será de R$ 59,4 milhões. 

continua após publicidade

- LEIA MAIS: Obras dos contornos de Jandaia do Sul e Arapongas são retomadas

O contorno de Jandaia do Sul prevê 6 quilômetros de extensão e deverá sair de Mandaguari, desviando o trânsito do perímetro urbano da cidade de Jandaia do Sul do km 215 ao km 221. O empreendimento terá pista dupla; acostamento; espaço lateral para drenagem; canteiro central de 3  metros até o km 3,60 e 6 metros do km 3,60 ao km 6, além de contenção, galerias de drenagem, viadutos e passagem inferiores. A previsão de conclusão da obra é dezembro de 2023. 

ARAPONGAS

continua após publicidade

Além do contorno de Jandaia do Sul, o acordo judicial prevê a conclusão do contorno de Arapongas, na região. No entanto, essa obra está parada com apenas 3% do cronograma concluído e não há previsão de retomada. Há um impasse envolvendo as desapropriações necessárias. A Viapar argumenta que esta responsabilidade é do poder público.  

A construção do contorno de Arapongas está prevista para começar no km 191 da BR-369, alguns metros ao norte do totem que demarca o Trópico de Capricórnio. A nova pista seguirá a leste da rodovia e voltará a se encontrar com a estrada principal nas proximidades do Pavilhão de Exposições de Arapongas Expoara. Serão 10,2 quilômetros de extensão.

O investimento inicial previsto era de R$ 130 milhões, mas esse valor já está defasado. O prefeito Sergio Onofre da Silva (PSC) vem pressionando a Secretaria de Infraestrutura e Logística (Seil) pela retomada da obra. 

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News