Vale do Ivaí

Nove a cada dez pessoas pretendem presentear no Dia das Mães

Pesquisa de intenção de compra aumenta expectativa do comércio de superar as vendas na data especial

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Nove a cada dez pessoas pretendem presentear no Dia das Mães
fonte: Comércio de Apucarana

Pesquisa de intenção de compra realizada em Apucarana, Arapongas e Vale do Ivaí mostra que 94,4% dos consumidores pretendem presentear no Dia das Mães, o que corresponde a 9 a cada 10 pessoas. O estudo realizado pela especialista em Marketing e consultora de vendas, professora Larissa Balan, ouviu 126 pessoas entre os dias 25 de abril e 2 de maio.

continua após publicidade

Sobre os itens de consumo que lideram as intenções de compra a pesquisa mostra que 21% dos entrevistados pretendem presentear com sapatos, 17% com roupas, 9% com perfumes e cosméticos, 7,9% dinheiro e 7,9% acessórios. Segundo a especialista, os presentes tiveram uma mudança em relação aos anos anteriores quando flores, homeware e os presentes afetivos foram as preferências dos consumidores em função da pandemia. "Já neste ano, com a retomada dos eventos em função dessa melhoria da pandemia, os consumidores estão investindo em sapatos, roupas e assessórios", destaca a professora.

Segundo o estudo, 43% dos entrevistados pretende gastar acima de R$ 100 com os presentes, 26,4% entre R$ 50 a R$ 100 e 21,5% acima de R$ 200. Os consumidores que têm preferência por lojas físicas correspondem a 84% dos entrevistados, o restante prefere comprar pela internet. A maior parcela dos entrevistados tem entre 36 a 45 anos e são moradores de Apucarana (83%).

continua após publicidade

Larissa destaca que o objetivo da pesquisa - que está no terceiro ano - é orientar principalmente pequenos empreendedores, com indicadores e informações reais que possam ajustar as estratégias para alcançarem um resultado  efetivo no Dia das Mães, que é uma data muito importante para o varejo. A professora observa que a pesquisa mostra uma mudança de comportamento de consumo nos últimos dois anos durante a pandemia. "Então é necessário fazer pesquisa para poder entender melhor quais os rumos o consumidor poderia tomar na hora da decisão de compra e trazer mais certeza aos empreendedores em um contexto de negócio que está renascendo”, assinala a especialista.

EXPECTATIVA DO COMÉRCIO DE APUCARANA

A presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Apucarana (Sivana), Aída Assunção afirma que há grande expectativa sobre aumento nas vendas voltadas à data, ainda mais porque não há mais as restrições impostas pela pandemia. “Este ano está tudo liberado. Não precisa mais de máscaras e as pessoas estão mais seguras, mais à vontade para sair e fazer suas compras. Isso deixa a nossa expectativa muito alta”, ressalta.

Por conta do Dia das Mães, o sindicato convencionou o horário especial de atendimento. Nesta sexta-feira (6),as lojas atendem das 9h às 22 horas. No sábado (7), o comércio trabalha das 9hàs 18 horas