Vale do Ivaí

Mesmo com criança no colo, mulher é agredida em Marilândia do Sul

Durante discussão por causa de um celular, homem tentou estrangular a mulher e desferiu dois socos. A mulher caiu com a criança nos braços

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa - mulher foi agredida durante discussão por motivos fúteis
fonte: Reprodução/Arquivo/Pixabay
Imagem ilustrativa - mulher foi agredida durante discussão por motivos fúteis

Uma mulher foi agredida durante uma discussão por motivos fúteis, no final da manhã de domingo (24), em Marilândia do Sul. Mesmo com uma criança de nove meses nos braços, a mulher foi estrangulada e atingida com socos, antes de cair. O agressor foi preso em flagrante.

continua após publicidade

Segundo relatório da Polícia Militar, a equipe foi acionada por um homem, que denunciou a agressão contra a mulher. A discussão entre a vítima e o agressor teria sido por conta do celular da vítima, que teria esquecido o aparelho e, com ajuda de familiares, ligou para seu número. A mulher explicou que pediu para o homem, que havia atendido a ligação, para que levasse até ela o celular e, na chegada, o homem teria iniciado a discussão, vindo a agredi-la.

Inicialmente, durante a discussão, o homem tentou estrangular a mulher, que segurava nos braços a bebê de nove meses. Em seguida, desferiu dois socos, acertando o olho e a boca da mulher, que caiu ao chão, com o segundo golpe. A mulher ficou com hematomas decorrentes dos golpes.

continua após publicidade

O autor das agressões, ao ver a Polícia Militar no local, tentou fugir, de motocicleta, mas sofreu uma queda ainda no quintal da casa, em frente ao portal. O homem estava sem capacete e, segundo o relatório da PM, em visível estado alterado, por embriaguez ou por uso de entorpecentes. Ele ficou com algumas escoriações leves decorrentes da queda e foi preso. Após atendimento médico, agressor e vítima foram encaminhados para a delegacia da Polícia Civil de Marilândia do Sul para as providências legais.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News