Vale do Ivaí

Menina é abusada dentro de colégio por outro estudante no Vale do Ivaí

A situação é investigada pela Polícia Civil e acompanhada pela Secretaria Estadual de Educação

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Fato ocorreu no Colégio Estadual Professor Augusto Balls, no final do período das aulas
fonte: Reprodução
Fato ocorreu no Colégio Estadual Professor Augusto Balls, no final do período das aulas

Policiais militares de Faxinal , município da região do Vale do Ivaí, no norte do Paraná, apreenderam em flagrante, na noite de quinta-feira (23), um adolescente de 15 anos suspeito de abusar sexualmente de uma menina de 11 anos. O fato ocorreu no Colégio Estadual Professor Augusto Balls, no final do período das aulas. A situação é investigada pela Polícia Civil e acompanhada pela Secretaria Estadual de Educação do Paraná (SEED).

continua após publicidade

Segundo o boletim de ocorrências da Polícia Militar (PM), um homem muito nervoso e alterado teria procurado os policiais.  Ele relatou que chegou em casa depois do trabalho, e se deparou com sua enteada, de 11 anos, bastante nervosa.  

A mãe conversou com a menina, e ela relatou que no Colégio Estadual Professor Augusto Balls, após período de aula, um aluno, de 15 anos, a chamou para irem para dentro de uma sala, onde começaram a se beijar e contra seu consentimento, a forçou a manter relação sexual, caracterizando estupro.

continua após publicidade

A equipe policial solicitou apoio, visando garantir a integridade física de todos os envolvidos, tendo em vista os ânimos estarem bastante exaltados. Os policiais foram até a casa do menor e informaram à mãe dele o que havia acontecido. Ele foi apreendido para prestar esclarecimentos.

O Conselho Tutelar também acompanhou a ocorrência. De acordo com a conselheira Maria de Fátima Benevides Vilas Boas, que participou do atendimento, ambos os menores passaram pelos protocolos do trabalho emergencial, sendo encaminhados para avaliação médica no Hospital Municipal de Faxinal para realização do laudo de lesões. Eles também receberam acompanhamento psicológico. Ela informou ainda, que no momento, o Conselho realiza o acompanhamento familiar dos menores e aguarda a conclusão das investigações. Maria de Fátima confirmou também que esta é a segunda vez que o adolescente de 15 anos se envolve em uma ocorrência deste tipo.

Investigação

continua após publicidade

A reportagem do TNOnline entrou em contato com o delegado titular de Faxinal, Ricardo Mendes, responsável pelo caso. Ele disse que não irá se pronunciar sobre as investigações para preservar os envolvidos no caso.

A direção do Colégio Estadual Professor Augusto Balls informou que não poderia se pronunciar sobre o caso. Já o Núcleo Regional de Educação de Apucarana (NRE), disse que todas as informações sobre o assunto seriam repassadas pela assessoria de comunicação da SEED.

Em nota, a SEED informou que "segue acompanhando o caso, colaborando com as investigações e prestando apoio às famílias envolvidas". Leia a nota na íntegra:

continua após publicidade

"Ainda na noite de quinta-feira (23), a família da estudante procurou o Conselho Tutelar e as autoridades policiais para denunciar o caso relatado pela menina. O episódio teria acontecido em um depósito atrás da quadra de esportes, enquanto profissionais da escola acomodavam estudantes no transporte escolar após o término das aulas.

Nesta sexta-feira (24), a menina foi atendida pela Secretaria de Saúde do município para fazer os exames necessários. Os pais dela foram recebidos no colégio ao lado de representantes do NRE Apucarana. O outro menor foi apreendido pelas autoridades locais. Colégio, NRE e Seed-PR vão seguir acompanhando o caso, colaborando com as investigações e prestando apoio às famílias envolvidas", diz a nota.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News