Live marca o Dia da Consciência Negra na região - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Movimento

Equilíbrio Sonoro
Foto por Arquivo TN
Escrito por Fernanda Neme
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O Dia da Consciência Negra é celebrado nesta sexta-feira, dia 20 de novembro, para homenagear o líder quilombola Zumbi dos Palmares. Este dia é dedicado para a reflexão sobre como é importante a comunidade negra na cultura brasileira. Por isso, eu separei uns alguns filmes para ver no Dia da Consciência Negra.

Em Apucarana, o Movimento Apucaranense da Consciência Negra (Macone) realiza uma live em comemoração à data. A gravação começa às 19 horas e vai até as 21 horas, com apresentação do Equilibro Sonoro, grupo de pagode do professor Mario Fião e também uma reflexão com a psicóloga Mara Prates.

“Esse dia é celebrado anualmente e a escolha da data foi proposital porque é marcada pela morte do Zumbi de Palmares, uma liderança que foi perseguida por autoridades portuguesas”, explica Eusébio Monteiro Colares, diretor do Macone, que é formado em letras, português e inglês; pós-graduado em tecnologias da informação e comunicação na educação, gestão escolar, ensino religioso e literatura brasileira.

O cronograma de comemoração segue até 2021 com diversas atividades. “Teremos muitas atividades no decorrer deste final de ano para marcar essa data tão importante”, conta.

Para o vereador Levi Aparecido Xavier, um dos representantes da negritude em Arapongas, hoje é um dia que o país acorda sabendo quem é João Alberto Silveira Freitas, homem negro, brutalmente assassinado em uma das redes de supermercados mais conhecidas do país. Além disso, Leví cita nomes como o de Ana Lúcia Martins, primeira vereadora negra eleita na cidade de Joinville, vítima de racismo, e recebe ameaças de morte desde o último domingo (15).

Leví, em um post em suas redes sociais, também cita Matheus Pires, jovem araponguense, que sofreu racismo enquanto fazia uma entrega como motoboy em um condomínio na cidade de Valinhos. “Eles não são a exceção, não são os primeiros e nem serão os últimos. Hoje não há o que celebrar, na realidade, é mais um dia de luto, porque os nossos continuam morrendo todos os dias pelo país afora. Que um dia sejamos finalmente livres. Hoje não há o que celebrar”, complementa. 

Confira a programação completa: 

Foto: Reprodução
 

Equilíbrio Sonoro
Foto por Arquivo TN
Foto por Arquivo TN

Deixe seu comentário sobre: "Live marca o Dia da Consciência Negra na região"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.