Ivaiporã

Reunião discute rumos da educação de Ivaiporã nos próximo anos

Durante a reunião o prefeito conversou sobre a gestão da educação municipal, e anunciou a construção de nova escola

Da Redação ·
A reunião aconteceu na sexta-feira (8)
fonte: Assessoria PMI
A reunião aconteceu na sexta-feira (8)

O prefeito de Ivaiporã, Luiz Carlos Gil (PSD), vice-prefeito Marcelo Reis (PTB) e a secretária municipal de Educação, Roseli Oliveira, estiveram reunidos no salão nobre da Prefeitura, na sexta-feira (8), para conversar sobre a gestão da educação para os próximos 4 anos.

continua após publicidade

A Secretaria Municipal de Educação de Ivaiporã tem 376 funcionários entre diretores, professores, coordenadores, educadores, auxiliares de educação, motoristas, serventes e merendeiras – além de professores PSS (Processo Seletivo Simplificado).

Segundo Roseli Oliveira os 376 funcionários foram designados para os respectivos cargos e ambientes de trabalho, e retornarão após o período de férias.

continua após publicidade

Marcelo Reis, que irá contribuir com os Departamentos Municipais de Cultura e Esporte, e com a Secretaria Municipal de Educação, afirmou que a pandemia do coronavírus (Covid-19) impõe desafios, tais como estimular a capacidade de aprendizagem dos alunos e voltar ao sistema de ensino presencial.

O vice-prefeito pediu diálogo, união e empenho entre os profissionais da educação para que os índices de satisfação e resultados sejam alcançados. “Em breve, esperamos voltar à normalidade com a vacina contra o coronavírus e transformar a educação municipal”, desejou o vice-prefeito Marcelo Reis.

continua após publicidade

Uniforme x Ideb

Um dos compromissos assumidos por Carlos Gil e Marcelo Reis na área da educação foi o uniforme escolar. Por isso, a administração municipal tem andamento os trâmites legais para assegurar o pedido dos uniformes.

continua após publicidade

O prefeito Carlos Gil afirmou ter consciência que as equipes de educação terão trabalho redobrado em função da pausa causada pela pandemia. “Mas iremos oferecer o nosso melhor, porque as crianças sentem falta das aulas e precisamos melhorar a nota Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica]”, pediu Carlos Gil, que foi prefeito na gestão 2013/2016.

O Ideb é realizado a cada dois anos para avaliar o ensino fundamental (4ª série e 5º ano).  Em 2013, a nota era 6.1. Em 2015, a nota superou com 6.4 e estagnou a qualidade do aprendizado em 2017 com 6.3 e 2019 com 6.4.

Nova escola 

“Começamos a gestão com uma ótima notícia! Foi a liberação de uma escola municipal a ser construída em frente à Escola Municipal Leila Diniz, com capacidade para 420 alunos e apoio do deputado federal Sérgio Souza, que lutou pela aprovação por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação [FNDE]”, comentou Carlos Gil. Serão investidos R$4,603 milhões. Os recursos estão alocados. Mas o valor será atualizado quando for firmado o contrato.

(Assessoria PMI)