Ivaiporã

Rede municipal de ensino de Ivaiporã discute calendário escolar

Durante a reunião foi discutida a retomada das aulas online – marcada para o dia 9 de fevereiro.

Da Redação ·
A reunião aconteceu no salão nobre da prefeitura
fonte: Assessoria PMI
A reunião aconteceu no salão nobre da prefeitura

A secretária municipal de Educação de Ivaiporã, Roseli Carvalho, e o vice-prefeito, Marcelo Reis, se reuniram nesta semana com os diretores, coordenadores e equipes pedagógicas das escolas e centros municipais de educação infantil, no salão nobre da Prefeitura, onde foi discutida a retomada das aulas online – marcada para o dia 9 de fevereiro. 

continua após publicidade

Segundo Roseli Carvalho, o Plano de Retorno às Aulas Escalonadas passará pela aprovação da Comissão Municipal de Educação para Gerenciamento da Pandemia do Covid-19, que é formada pela Secretaria Municipal de Educação; Departamento Municipal de Assistência Social; Departamento Municipal de Saúde; Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDC); e por representantes do Conselho Municipal de Ensino, Conselho Municipal de Alimentação Escolar, Conselho Tutelar, Conselho do Fundeb, Educação Especial, Setor Financeiro da Educação, Comitê do Transporte Escolar, equipe de ensino, documentação escolar, gestores das instituições de ensino da rede municipal e por representante do setor de merenda escolar. 

Em seguida, o Plano de Retorno às Aulas Escalonadas será enviado ao Departamento Municipal de Saúde e seguirá o Protocolo de Retorno das Aulas Presenciais da Secretaria de Estado da Saúde. 

continua após publicidade

Prevenção 

“As equipes de ensino seguirão as diretrizes de prevenção contra o coronavírus no ambiente escolar”, tranquilizou Roseli Carvalho, antecipando que a Secretaria Municipal de Educação disponibilizará equipamentos de proteção individual aos funcionários para atender com segurança as crianças, que também receberão máscaras.  

As equipes da Secretaria Municipal de Educação irão ouvir os pais e/ou responsáveis para saber quem permitirá enviar os filhos à escola, uma vez que não há consenso. “O objetivo é retornar às aulas com segurança, cumprir o ano letivo, passar conhecimento às crianças e ver os profissionais da educação realizados com o trabalho desenvolvido, bem como os pais ou responsáveis, porque é normal sentir receio da contaminação por coronavírus”, declarou Roseli Carvalho. 

continua após publicidade

Marcelo Reis conversou com as equipes, afirmou que uma das principais áreas da administração municipal é a educação e lamentou o estado em que se encontram os estabelecimentos de ensino da rede municipal, citando alguns exemplos, tais como a Escola Municipal Bento Viana, que teve a estrutura comprometida pela gestão 2017/2020 ao retirar terra numa rua próxima para executar pedra irregular.  

Por outro lado, Marcelo Reis citou a liberação de uma escola municipal a ser construída em frente à Escola Municipal Leila Diniz - com capacidade para 420 alunos. A obra será executada com apoio do deputado federal Sérgio Souza, que lutou pela aprovação por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. “O que eu puder fazer para ajudá-los contem comigo”, finalizou o vice-prefeito. 

Tags relacionadas: #EDUCAÇÃO