Ivaiporã

Presas de Ivaiporã são transferidas para Cadeia Pública Feminina de Londrina

A unidade de Londrina aderiu a diversos projetos com o intuito de ressocializar as internas

Da Redação ·
Divulgação
fonte: Reprodução
Divulgação

Nesta quinta-feira (22), o Departamento Penitenciário (Depen) de Londrina transferiu 22 detentas da Cadeia Pública de Ivaiporã.  As internas foram transferidas para a Cadeia Pública Feminina de Londrina que foi reinaugurada na última quinta-feira (15).

continua após publicidade

A transferência havia sido anunciada terça-feira (13), pelo chefe da regional do Depen, Nilton Cesar Santos Garcia. Na época, na Cadeia Pública de Ivaiporã, ele se reuniu com lideranças dos presos amotinados para ouvir lista de reivindicações. Dentre elas a transferência de presos.  

“Lá elas vão ter oportunidade de trabalhar, ter remissão de pena, um pátio de sol adequado. Elas vão ocupar praticamente uma cela inteira. Um lugar mais digno para ficar”, disse Garcia na época.

continua após publicidade

Totalmente reestruturado a Cadeia Pública Feminina de Londrina fica localizado no antigo 3º Distrito Policial, conta com 176 vagas e espaços mais adequados para a custódia de mulheres presas da região norte do Paraná.

A unidade prisional feminina aderiu a diversos projetos com o intuito de ressocializar as internas e prepará-las para a saída do sistema penal. Um deles é o Projeto Recomeço, que contempla a fabricação de peças em crochê, desenvolvido em parceria com o Conselho da Comunidade.

Uma das empresas que fecharam convênio com a nova unidade antes mesmo da inauguração oficial conta com um canteiro de trabalho.  Além disso, detentas que participam do curso ofertado por eles recebem diploma de qualificação e carta de recomendação às presas.

continua após publicidade