Mais lidas

    Ivaiporã

    LIMINAR

    Motorista que provocou morte de família em Ivaiporã pode ser solto

    Motorista que provocou morte de família em Ivaiporã pode ser solto
    Foto por Reprodução
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 18.12.2020, 16:09:09 Editado em 18.12.2020, 16:13:35
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O motorista que provocou o acidente que tirou a vida de um casal e sua filha de pouco mais de um ano de idade no último domingo (13), em Ivaiporã, poderá ser solto através de uma liminar concedida pela justiça. A informação foi confirmada pelo advogado José Teodoro Alves, responsável pela defesa de Claudemir Érico Nardini, que está preso desde o dia do acidente na  54ª Delegacia Regional de Ivaiporã.

    O advogado informou que conseguiu uma liminar, na 1ª Câmara do Tribunal de Justiça, que autoriza a soltura do cliente, para responder o processo em liberdade. "Ele vai responder civil e criminalmente na justiça por algum erro que tenha cometido, mas precisamos acreditar no poder judiciário e deixar de achar que alguém, que ontem era um cidadão de bem, hoje precise ser tratado como bandido", considerou.

    Recentemente, parentes e amigos das vítimas do acidente realizaram manifestos com apoio da comunidade pedindo justiça. Para esta sexta-feira, está programada uma homenagem luminosa às vítimas, na Praça Central de Ivaiporã.

    O Acidente

    O trágico acidente ocorreu na tarde do último domingo (13), por volta das 17h40, na Rua Emílio Ganzert, saída para Vila de Furnas, no perímetro urbano de Ivaiporã. A colisão foi entre uma caminhonete S10 e um Fiat Uno que resultou na morte do casal e da filha de 1 ano e 6 meses.

    Motorista que provocou morte de família em Ivaiporã pode ser solto
    Foto por Reprodução
     

    O motorista da S10, Claudemir Érico Nardini, que não se feriu, se escondeu na residência de um amigo a aproximadamente 100 metros do local do acidente, por medo de ser linchado. Ele foi encontrado e preso pela Polícia Militar pouco depois do acidente. Questionado, ele relatou que apenas escutou uma “pancada” e não viu o outro veículo. O teste do bafômetro aferiu 0,79mg/l de álcool no sangue, constatando a embriaguez. Nardini está preso na 54ª Delegacia Regional de Ivaiporã.

    Em entrevista, o delegado Aldair da Silva Oliveira, confirmou que o motorista está sendo enquadrado em homicídio doloso qualificado. O delegado entende que o motorista foi o responsável pelo acidente. 

    Colaborou Blog do Berimbau.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Ivaiporã

    Deixe seu comentário sobre: "Motorista que provocou morte de família em Ivaiporã pode ser solto"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.