Ivaiporã

Ivaiporã completa 59 anos de emancipação político-administrativa

Não haverá festa, por conta da pandemia do novo coronavírus.

Da Redação ·
Praça França / Ivaiporã
fonte: TN Online
Praça França / Ivaiporã

Ivaiporã completa hoje 59 anos de instalação político-administrativa. Um município tradicional, que tem muita história para contar. Entretanto, não poderá celebrar com festa por conta da pandemia do novo coronavírus. 

continua após publicidade

Segundo o prefeito Miguel Amaral, Ivaiporã passa hoje um dos períodos mais desafiadores da história. “Este ano devemos ficar em casa e celebrar a nossa própria saúde para juntos vencermos esse desafio”, destacou o prefeito Miguel Amaral.

Para não deixar a data passar em branco, a equipe do Departamento Municipal de Cultura incluiu atividades artísticas que serão apresentadas através de lives em canal específico da Lei Aldir Blanc a partir de 11 de dezembro, quando acontece também a inauguração do Centro Cultural de Ivaiporã. 

continua após publicidade

“A partir do dia 11, teremos os artistas de Ivaiporã que começam a se apresentar através de lives em alusão aos 59 anos e as atividade de encerramento do fim do ano. As apresentações serão no centro cultural que também estaremos inaugurando”, explica Miguel Amaral. 

Com uma agricultura forte, voltada principalmente à produção de soja, milho, trigo, Ivaiporã é reconhecida e consolidada também como um polo regional no comércio varejista e serviços, principalmente nas áreas de saúde e educação de 16 municípios da região, que congrega aproximadamente 140 mil pessoas. 

No setor de segurança é sede da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar, 54ª Delegacia Regional de Polícia e do 1ª Subgrupamento Independente do Corpo de Bombeiros. “Os melhores solos do Paraná também estão aqui, Ivaiporã é centro regional de órgãos do Governo Federal e do Estado, temos ainda o Hospital Regional que agora atende especificamente pacientes com a Covid-19 de toda a região. Mas, a partir de maio do ano que vem, passa a atender outras especialidades”, diz Miguel Amaral.

continua após publicidade

Por tudo isso, segundo o prefeito, e graças ao povo trabalhador: “Ivaiporã conseguiu transformar o pequeno Sapecado (primeiro nome) em uma cidade moderna, e com capacidade de atração de novos investimentos”. 

 Ivaiporã fonte: TN Online
Ivaiporã

HISTÓRIA

continua após publicidade

O município foi criado através da Lei Estadual nº 4245, de 25 de julho de 1960 e instalado oficialmente em 19 de novembro do ano seguinte, quando foi desmembrado do município de Manoel Ribas.  

A região do município de Ivaiporã iniciou seu ciclo colonizador por volta da década de 40, quando as terras passaram a atrair a atenção de desbravadores que vieram de todas as regiões brasileiras. Possui uma área é de 432,470 km² representando 0,217 % do estado. Conforme dados do IBGE, a população estimada de Ivaiporã é de 31.935 pessoas.

Antes da denominação atual teve outras referências como Queimada, Cruzeiro, Sapecado, Ivainópolis e, finalmente, Ivaiporã em agosto de 1955, ainda como distrito de Manoel Ribas