Ivaiporã

Informativo Covid-19 de Ivaiporã terá mudanças a partir desta quarta

A medida que gera transparência e ética no enfrentamento do Covid-19

Da Redação ·
Divulgação
fonte: Assessoria PMI
Divulgação

A partir desta quarta-feira (24),  o informativo Covid-19  de Ivaiporã vai apresentar os resultados positivos de pacientes realizados em laboratórios particulares e os resultados do Lacen (Laboratório Central do Estado). A informação foi divulgada no início da tarde através de nota da Prefeitura de Ivaiporã. Segundo a nota trata-se de uma medida que gera transparência e ética no enfrentamento do Covid-19.

continua após publicidade

O Departamento Municipal de Saúde da Prefeitura de Ivaiporã e a Vigilância Epidemiológica através da nota, esclarecem que o diagnóstico do Covid-19 é complexo, envolve a data do início dos sintomas e aspectos relacionados ao contato (tipo e frequência). A metodologia laboratorial mais segura a ser indicada depende dessas informações.

Pacientes com Covid-19 podem ser sintomáticos ou assintomáticos. A confirmação da doença não depende exclusivamente do exame laboratorial (RT-PCR ou Teste Rápido). Mas sim de um conjunto de fatores e principalmente: 1- Quadro clínico; 2- Contatos com casos suspeitos ou confirmados; 3- Resultados dos exames.

continua após publicidade

Os exames podem apresentar divergências de resultados, a depender do dia da coleta da amostra e do método realizado. Por isso, não se pode descartar um caso apenas pelo resultado do exame laboratorial. A conclusão é feita com base na investigação epidemiológica feita pela equipe de saúde com o paciente.

Na dúvida, é prezado pelo princípio da maior gravidade, ou seja, se algum teste diagnóstico positivou é necessário iniciar e realizar todas as medidas de precaução. As equipes de saúde trabalham com a noção de coletividade. Ou seja, é melhor prevenir na dúvida que correr o risco da negligência.

Assim, todos os exames positivados, independente do método ou local onde foram realizados (laboratórios privados ou laboratório do Estado) devem ser comunicados à população. É uma medida que gera transparência e ética no enfrentamento do Covid-19. A equipe de saúde, mesmo entendendo as possíveis divergências, deve prezar por esse procedimento.