Ivaiporã

Colheita do milho segunda safra segue atrasada na região de Ivaiporã

Colheita caminha a passos lentos em relação ao ano passado, até agora apenas 15% da área de plantio foi colhido

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Colheita do milho segunda safra segue atrasada na região  de Ivaiporã
fonte: TN Online
Colheita do milho segunda safra segue atrasada na região de Ivaiporã

A colheita de milho segunda safra 2019/20 nos 15 municípios da regional de Ivaiporã da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (Seab), iniciada no começo de julho, caminha a passos lentos em relação ao ano passado. Até agora apenas 15% da área de plantio de 50 mil hectares foram colhidos, conforme   levantamento do Departamento de Economia Rural (Deral). No ano passado, nesta mesma época a colheita já alcançava 48% da área. 

continua após publicidade

Segundo o engenheiro agrônomo do Deral, Sergio Carlos Empinotti, chuvas no início de julho e o clima mais frio desencadeou em dificuldades na colheita. “A umidade do milho também está muita alta por causa do frio, e para não perder muito na comercialização, o pessoal está esperando um pouco mais para avançar com a colheita”. A colheita na região deve ser concluída até o final de agosto.

Ainda segundo Empinotti, a expectativa inicial de produtividade de 5 mil quilos por hectare - 201 sacas por alqueire também não deve ser alcançada. “Boa parte das lavouras do milho passaram pela estiagem   na fase de floração e frutificação, e não recuperaram. Apesar das primeiras colheitas apresentarem uma boa produtividade a previsão é de queda de 20%”, completa Empinotti.

continua após publicidade

A boa notícia para os produtores, é com relação aos preços do cereal, que mesmo com a colheita da segunda safra avançando no estado, permanece bom. Nesta segunda-feira (20), o mercado do milho em Ivaiporã estava cotado à R$ 41,90 a saca de 60 quilos. Em 2019, no início do plantio a cotação o produto era cotada à R$ 28,00.    

Tags relacionadas: #IVAIPORÃ #Milho #região #Seab