Açaí produzido com sabor do Vale do Ivaí - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

AGRONEGÓCIOS

Foto por TN Online
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O açaí, um fruto tropical cada vez mais consumido no Brasil, também começa a ser cultivado e produzido em Ivaiporã. À frente do negócio está Osvaldo Ferreira de Paula, empresário e mestre sorveteiro por mais de 40 anos em São Paulo e que há dois anos optou retornar às origens no distrito de Jacutinga, onde desenvolveu a polpa e o sorvete de açaí a partir do fruto da palmeira juçara. 

Ferreira arrendou uma chácara com algumas palmeiras juçara que eram cultivadas de forma ornamental. “Quando cheguei aqui comecei a notar na porta de minha cozinha uma palmeira, fiquei olhando e notando a mesma aparência do açaizeiro do Pará e percebi que o fruto poderia ser transformado em polpa e sorvete de açaí”. 

Diante disso, ele viu um nicho de mercado e aproveitou a experiência no ramo de sorvetes em São Paulo para desenvolver os produtos. Segundo ele, o açaí do Pará é um pouco azedo. “O que eu desenvolvi com o fruto da juçara tem um sabor mais suave. Mandei algumas amostras para degustação para sorveterias de parentes em São Paulo, onde o consumo é muito grande. A maioria preferiu o açaí nosso aqui do Paraná”, disse Osvaldo de Paula.

Para poder comercializar o produto em larga escala, o empreendedor pretende legalizar o negócio. Para isso, ele recebeu na propriedade a visita da secretária municipal Rosana Pagé, do Departamento de Agronegócio e a engenheira agrônoma Maria Helena da Cruz coordenadora do Programa Municipal Frutifica Ivaiporã. 

“O nosso trabalho é justamente fomentar a comercialização.  É onde, às vezes, as pessoas têm o produto, a capacidade de fazer a venda e levar para o consumidor mas não consegue encontrar o caminho. E através de uma parceria com o IDR-PR - Iapar/Emater entramos com este papel de facilitar e ajudar para que o produtor se legalize”, destacou Rosana.  

Foto: Ivan Carlos Maldonado
 

PLANTIO

Osvaldo de Paula também montou um viveiro e passou a produzir as mudas de palmeira juçara e tem atraído bastante interessados no cultivo. “Já vendi mais de 8 mil mudas. A vantagem é que depois na terra vai produzir 100 anos ou mais. É uma planta nativa que não precisa de manutenção”. 

Ainda segundo Osvaldo outra vantagem na cultura do juçara no sul do pais é o período de produção tardio dos frutos em relação ao norte. Enquanto no norte a colheita é entre os meses de novembro a janeiro, no sul vai de maio a julho. “E as industrias querem o produto para suprir a falta. Hoje o mundo inteiro quer açaí e são poucos países que produzem”.

A agrônoma Maria Helena destaca ainda a vantagem de consorciar o açaí com outras culturas. “Aqui nesta região que é produtora de café o pessoal está consorciando a palmeira com café. Também pode ser cultivado dentro de agroflorestais que está em expansão no Paraná, ou em sistema  agrossilvipastoril que é o sombreamento para o gado. Dá para se trabalhar em consórcio com várias culturas”. 

Deixe seu comentário sobre: "Açaí produzido com sabor do Vale do Ivaí"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.