Soldado da PM mata dois policiais depois comete suicídio em Ivaiporã - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Ivaiporã

Soldado da PM mata dois policiais depois comete suicídio em Ivaiporã

Assassinatos ocorreram na 6ª Companhia Independente de Polícia Militar de Ivaiporã. Foto: Ivan Maldonado
Foto por
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Um policial militar atirou e matou dois companheiros de farda e depois cometeu suicídio, por das 7 horas deste domingo (2), na 6ª Companhia Independente de Polícia Militar de Ivaiporã. 

Segundo informações apuradas junto a 6ª CIPM, as vítimas foram o subtenente Luiz Antônio Abba, 51 anos e o soldado Robson Medina, 36 anos. 

O policial que efetuou os disparos, identificado como Lucas Santos Araújo 26 anos, era natural de Pitanga e trabalhava em Ariranha do Ivaí.

De acordo com a 6ª CIA, ele chegou na companhia no momento da troca de serviço e disparou contra a viatura que estava a caminho do centro da cidade. No veículo estava o subtenente Abba e o soldado Medina.

Ainda segundo a PM, o soldado continuou atirando contra os demais, que revidaram com tiros. Contudo, o autor saiu da companhia e atirou na própria cabeça.

Medina foi encaminhado ao hospital com ferimento na cabeça. Contudo, ele não resistiu e acabou falecendo. 

"Foi uma grande tragédia que se deu aqui. Uma situação dessas nos deixa profundamente entristecidos e isso poderia ter acontecido em qualquer lugar. Infelizmente, as famílias de três policiais choram a perda de seus entes queridos", lamentou o comandante da 6ª CIPM, Hélio Boing.

A 6ª CIA solicitou apoio dos destacamentos de Jardim Alegre e Arapuã durante a ocorrência. 

"Vamos ouvir todas as testemunhas para entender o que aconteceu", disse o comandante.

Procedimento disciplinar
O comandante afirmou que Araújo era alvo de um procedimento interno sobre transgressão disciplinar e que o subtenente Abba atuou como responsável. "Estava em grau de recurso e foi aplicado uma pena branda, como se fosse uma suspensão. O Abba atuou como responsável do procedimento. Contudo a punição foi decisão do comando, não dele", informou. 

De acordo com o comandante, o fato ocorreu há mais de um mês. "É prematuro afirmar se esta foi a motivação. Vamos conseguir essa resposta após concluir o inquérito policial", disse.

A polícia também apura a informação de que Araújo teria sacado a arma e efetuado disparos contra um veículo. "Mas isso carece apuração. Essa informação chegou só depois do ocorrido no batalhão", comentou.

(Com informações de Ivan Maldonado)



Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Soldado da PM mata dois policiais depois comete suicídio em Ivaiporã"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.