Vale do Ivaí

Ivaiporã vai pavimentar 140 quadras com pedra irregular

Na quinta-feira (26), prefeito e vereadores visitaram obras iniciadas na Vila Nova Porã

Da Redação ·
Obras foram iniciadas na Vila Nova Porã
fonte: TN Online
Obras foram iniciadas na Vila Nova Porã

Teve inicio na semana em Ivaiporã, a pavimentação com pedras poliédricas de ruas que ainda não receberam o benefício nos bairros e distritos do município. Nesta primeira etapa serão beneficiadas 40 quadras, o projeto do Governo Luiz Carlos Gil em parceria com o legislativo pretende até o final do mandato pavimentar 140 quadras sem nenhum custo para os moradores.

continua após publicidade

Na quinta-feira (26), o prefeito acompanhado da presidente da Câmara Gertrudes Bernardy e pelos vereadores vistoriaram as obras que foram iniciadas na Vila Nova Porã.  

Nesta primeira etapa de 40 quadras estão sendo investidos recursos próprios na ordem R$ 367 mil repassados pela Câmara de Vereadores, que será utilizado pela Prefeitura para o pagamento das pedras e das empreiteiras que realizam as obras.  

continua após publicidade

“As sobras dos recursos que a Câmara economiza nós vamos aplicar 100% nessas quadras. A prefeitura investe na construção do meio-fio, preparo da terra, transporte, de galerias fluviais onde for necessário, no total os investimentos nessa primeira etapa devem chegar em torno de R$ 760 mil”, diz o prefeito.

Para a próxima etapa, o prefeito Carlos Gil diz que o processo de licitação já vem sendo preparado pela Prefeitura. “A Câmara deve continuar repassando todos os meses cerca de R$ 140 mil, isso vai garantir recursos para que tiremos definitivamente a população de outras 100 quadras do barro e da poeira”, destaca Carlos. 

Para Gertrudes Bernardy, presidente da Câmara de Vereadores   com planejamento, bom senso e economia será possível completar a meta de pavimentar com pedras poliédrica as ruas de Ivaiporã, principalmente, a dos bairros mais carentes.

“Desde o início a gente vem procurando economizar para atender a necessidade da população. Lógico que em janeiro e fevereiro tivemos que gastar um pouco mais para algumas adequações na Câmara de Vereadores, mas acredito que a partir daqui para a frente a sobra será muito maior. Quanto mais economia, mais quadras sendo pavimentadas e mais pessoas sendo atendidas”, disse Gertrudes.