Vale do Ivaí

Ivaiporã adere a Programa de Prevenção à Corrupção

Com a adesão a Prefeitura recebeu o selo de participante e tem acesso ao sistema e-Prevenção

Da Redação ·
O PNPC é baseado em 5 mecanismos de combate à fraude e à corrupção
fonte: Assessoria PMI
O PNPC é baseado em 5 mecanismos de combate à fraude e à corrupção

A Prefeitura de Ivaiporã aderiu ao Programa Nacional de Prevenção à Corrupção (PNPC), que é executado Rede de Controle nos Estados e coordenado pelo Tribunal de Contas da União e Controladoria-Geral da União.

continua após publicidade

Com a adesão a Prefeitura recebeu o selo de participante e tem acesso ao sistema e-Prevenção por meio da Controladoria Interna. O e-Prevenção é uma plataforma de autosserviço para auxiliar as organizações públicas a diagnosticar suscetibilidade à corrupção e a melhorar os sistemas institucionais de prevenção.

A controladora interna da Prefeitura, Vânia Almeida, explicou que o sistema e-Prevenção auxilia as boas práticas implantadas pela administração municipal para evitar fraudes ou corrupção na gestão. O questionário elaborado pelo Tribunal de Contas da União e Controladoria-Geral da União foi coordenado pela controladora interna Vânia Almeida e acompanhado pelo vice-prefeito Marcelo Reis.

continua após publicidade

“O selo ratifica o trabalho transparente da administração municipal, que pode ser acompanhado pelo cidadão, acessando as informações por meio do Portal da Transparência e conferindo a aplicação de recursos públicos de forma correta e ética”, declarou Marcelo Reis.

O PNPC é baseado em 5 mecanismos de combate à fraude e à corrupção. A prevenção evita a ocorrência de fraude e corrupção e, usualmente, é mais barata que medidas corretivas. A detecção ajuda a descobrir os casos tão logo ocorram. A investigação ocorre corretamente e rapidamente. O monitoramento serve para melhorar o sistema de prevenção e combate à corrupção. A correção é voltada a punir casos provados com o objetivo de alertar futuros corruptos de que o órgão público não os tolerará.

Cada mecanismo é associado a um conjunto de práticas, normativas, documentos e atividades que contribuem para que o gestor público tenha mais segurança nas decisões tomadas.

continua após publicidade

O prefeito Carlos Gil defendeu que ações que têm como objetivo garantir a transparência pública devem ser adotadas pelo município. “Em qualquer esfera, quer seja municipal, estadual ou federal, a população é a maior vítima da corrupção. Por isso, o melhor caminho é a prevenção e a destinação correta dos recursos públicos. Afinal, o foco da gestão é zelar pela população e cumprir o plano de governo”, afirmou Carlos Gil.

O selo de participante do PNPC está acessível no Portal da Transparência e será fixado no site da Prefeitura – comprovando as boas práticas na gestão Carlos Gil e Marcelo Reis.