Vale do Ivaí

Idoso é acusado pela cuidadora de importunação sexual

A cuidadora disse aos policiais que não é a primeira que isso acontece, e que queria representar contra o autor

Da Redação ·
Imagem meramente ilustrativa
fonte: Reprodução
Imagem meramente ilustrativa

A Polícia Militar (PM) foi solicitada para deslocar até  Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ivaiporã na região central do Paraná, para atendimento de um caso de importunação sexual.  

continua após publicidade

Na UPA a solicitante  relatou que é cuidadora  e havia levado o idoso para ser atendido. Quando ele estava sendo medicado, ela precisou segurar a mão do idoso, pois ele estava com scalpe recebendo medicamento na via.  

Disse ainda, que nesse momento o idoso começou a passar a mão em suas próprias partes intimas e dizer palavras obscenas para a cuidadora, como: "não posso segurar na mão de uma mulher que tenho ereção”.

continua após publicidade

Também  disse entre outras palavras, desrespeitando a vítima, que queria estar fazendo um “amorzinho gostosinho” e a todo momento passava a mão em suas partes intimas.  

Solicitante disse ainda aos policiais que não é a primeira que isso acontece, e que queria representar contra o autor.  Diante dos fatos foi feito o laudo negativo de Covid e encaminhado autor e vitima até a 54ª Delegacia Regional de Polícia Civil  para os procedimentos que requer o caso.