Vale do Ivaí

IBGE abre mais de 400 vagas temporárias na região para o Censo 2021

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia IBGE abre mais de 400 vagas temporárias na região para o Censo 2021
fonte: Arquivo TN
IBGE abre mais de 400 vagas temporárias na região para o Censo 2021

O IBGE divulgou nesta quinta-feira (18) dois editais de Processos Seletivos Simplificados (PSSs) para os cargos de Recenseador, Agente Censitário Municipal (ACM) e Agente Censitário Supervisor (ACS). Os aprovados serão contratados para trabalharem no Censo Demográfico 2021.

continua após publicidade

O total de vagas destinadas ao Paraná é de 11.751, sendo que serão distribuídas de acordo com a população de cada cidade. Em Apucarana, serão disponibilizadas 120 vagas; Arapongas, são 110 vagas e Ivaiporã, são 31 vagas.

Além disso, as cidades da região também terão vagas para o concurso do IBGE. Confira:

continua após publicidade

Ariranha do Ivaí (2), Arapuã (3), Bom Sucesso (7), Borrazópolis (6),  Califórnia (8), Cambira (7), Cruzmaltina (3), Godoy Moreira (3), Grandes Rios (3), Novo Itacolomi (3), Rio Bom (4), Faxinal (16), Lidianópolis (4), Lunardelli (5), Rio Branco do Ivaí (4), Rosário do Ivaí (5), Marumbi (5), Kaloré (4),  Barbosa Ferraz (6),  Sabáudia (7), Marilândia do Sul (8), Mauá da Serra (9), São João do Ivaí (10), São Pedro do Ivaí (10), Jardim Alegre (11) e Ortigueira (20). 

As vagas somadas para as cidades de Apucarana, Arapongas, Ivaiporã e outros municípios da região totalizam 412. Veja abaixo as informações necessárias para fazer o concurso do IBGE. 

Direcionamento das vagas

continua após publicidade

Do total de vagas, 10.431 é direcionada para o cargo de Recenseador, que exige nível fundamental completo, e 1.320 para as funções de nível médio, distribuídas da seguinte forma: 390 para ACM e 930 para ACS. Para quase todos os municípios do Paraná haverá vagas disponibilizadas nos PSSs, mas entre os dez mais populosos a distribuição ficou assim:

Recenseador 

O cargo de Recenseador não exige horário fixo, mas deve-se cumprir jornada semanal de pelo menos 25 horas, que podem ser distribuídas inclusive nos feriados e finais de semana. Já os cargos de ACM e ACS possuem jornada de 40 horas semanais. O período de inscrições é de 19 de fevereiro a 15 de março para os cargos de ACM e ACS e de 23 de fevereiro a 19 de março para o cargo de Recenseador. A taxa de inscrição é de R$ 25,77 para o cargo de Recenseador e de R$ 39,49 para os cargos de ACM e ACS. As inscrições devem ser feitas exclusivamente no site do Cebraspe (www.cebraspe.org.br/concursos).

continua após publicidade

Data da prova

A data da prova para os cargos de ACM e ACS está prevista para 18 de abril e para o cargo de Recenseador em 25 de abril. As provas serão realizadas em todos os municípios em que houver vagas. O resultado final dos PSSs deve ser divulgado no dia 27 de maio. Para o cargo de Recenseador, a convocação para o treinamento e contratação está prevista para o mês de julho de 2021.

continua após publicidade

Para essa função, o contrato tem previsão de duração de até 3 meses, podendo ser prorrogado, com base nas necessidades de conclusão das atividades do Censo e na disponibilidade de recursos orçamentários. Já para os cargos de ACM e ACS, a previsão de contratação é para 31 de maio e a duração do contrato é de até 5 meses, podendo ser prorrogado.

Treinamento

Para o cargo de Recenseador haverá treinamento de caráter eliminatório e classificatório, cuja duração será de 5 dias, com carga horária de 8 horas diárias. O Treinamento será composto por duas etapas: autoinstrução e curso presencial. Ao final da etapa presencial, o candidato realizará o Teste Final do Treinamento, cujo resultado será representado em percentual de acertos.

continua após publicidade

O candidato que não obtiver o mínimo de 50% de acertos e, pelo menos, 80% de frequência no treinamento será eliminado do processo seletivo. Os candidatos que alcançarem 80% de frequência no treinamento presencial farão jus a uma ajuda de custo.

Números nacionais

Os PSSs do IBGE para o Censo Demográfico 2021 são o maior evento do gênero para contratação de pessoal do país, com vagas disponibilizadas em praticamente todos os municípios brasileiros. São ofertadas mais de 204 mil vagas, sendo 181.898 para o cargo de Recenseador, 16.959 para o cargo de Agente Censitário Supervisor e 5.450 para o cargo de Agente Censitário Municipal.

continua após publicidade

Funções dos cargos

O Recenseador é o responsável por fazer o trabalho da coleta de dados por meio de entrevistas com os moradores. Em contato direto com o público, ele representa o IBGE para a sociedade. O Agente Censitário Municipal (ACM) gerencia o Posto de Coleta e, durante todo o trabalho do Censo Demográfico 2021, estará à frente de dois tipos de ações: administrativas (que são relativas ao controle e à gestão dos recursos humanos e materiais do Posto de Coleta); e técnico-operacionais, nas quais desempenha o papel de gestor de uma equipe de Agentes Censitários Supervisores e Recenseadores em que acompanhará e orientará a Coleta de Dados.

continua após publicidade

O Agente Censitário Supervisor (ACS) exerce as tarefas de supervisão da operação censitária, com foco nas questões técnicas de informática e administrativas. Está subordinado ao Agente Censitário Municipal (ACM). Sua principal função é acompanhar, avaliar e, sobretudo, orientar os Recenseadores durante a execução dos trabalhos de campo.

Medidas de segurança para o Censo Demográfico 2021

Protocolos de saúde serão aplicados em todas as etapas da operação censitária, incluindo processos seletivos, treinamento, ocupação de postos de coleta, visita aos domicílios, transporte e armazenamento de insumos. Para isso, o IBGE realiza benchmark com a experiência do TSE (eleições 2020), além de outras organizações da iniciativa privada.

continua após publicidade

O Cebraspe, junto ao IBGE, está trabalhando na estruturação de protocolo sanitário para garantir a segurança de todos os candidatos e dos trabalhadores que atuarão na aplicação das provas dos PSSs. Este protocolo vai considerar necessariamente: uso obrigatório de máscaras por todos; uso de outros EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) necessários pelos aplicadores das provas; distanciamento seguro entre candidatos e aplicadores de prova; disponibilização de álcool em gel em todos os locais de prova; higienização de locais de prova e equipamentos; redução máxima do contato entre as pessoas; medidas para evitar aglomerações; respeito às legislações locais.

Adiamento do Censo em 2020 e cancelamento da seleção

Com o adiamento do Censo para 2021 devido à pandemia de Covid-19, os processos seletivos para ACM, ACS e Recenseadores abertos em 2020 foram cancelados. Quem se inscreveu na seleção do ano passado não está com a inscrição garantida para os processos seletivos deste ano. É preciso fazer nova inscrição e pagar a taxa para garantir a participação.

Desde maio do ano passado, os inscritos na seleção cancelada podem solicitar o reembolso da taxa de inscrição através da Central de Atendimento do IBGE, pelo telefone 0800 721 8181. A ligação é gratuita.

Salário para agente censitário varia de R$ 1.700 a R$ 2.100

São oferecidas 5.450 vagas para agente censitário municipal (ACM) e 16.959 vagas para agente censitário supervisor (ACS). Essas duas funções estão no mesmo processo seletivo e exigem escolaridade de nível médio completo.

Para as vagas de nível médio, os mais bem colocados em cada município ocuparão a vaga de ACM, que será o responsável pela coordenação da coleta do Censo 2021 naquela cidade. Já o ACS supervisiona as equipes de recenseadores. As remunerações dessas duas funções são de R$ 2.100 para ACM e R$ 1.700 para ACS, com jornada de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias.

Além do salário, ACM e ACS terão direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e conforme o estabelecido no edital.