Vale do Ivaí

Guto Silva confirma em Faxinal que é pré-candidato ao Senado

Ex-secretário chefe da Casa Civil avalia sua pré-candidatura com prefeitos e lideranças políticas do Vale do Ivaí

Da Redação ·

O ex-secretário chefe da Casa Civil do Governo do Estado, deputado estadual Guto Silva (PP), esteve nesta sexta-feira (1º) em Faxinal, onde visitou o prefeito Ylson Álvaro Cantagallo (PSD), o Gallo, e reuniu-se com vereadores e lideranças políticas do município e da região.

continua após publicidade

Em entrevista coletiva à imprensa, ao lado do prefeito Gallo, do deputado estadual Alexandre Curi (PSD) e do prefeito de Godoy Moreira, Primis de Oliveira (PSD), Guto Silva reafirmou sua condição de pré-candidato ao Senado nas eleições deste ano.

Segundo ele, esse é um momento de se fazer uma reflexão política diante das eleições deste ano, assim como também é um momento de repensar o Paraná. Ele observa que lá atrás foi iniciado um projeto importante do governador Ratinho Junior de oxigenar o Palácio Iguaçu e os resultados demonstram que esse projeto foi bem sucedido.

continua após publicidade

Neste aspecto, ele observa que, apesar de todas as dificuldades ocasionadas pela pandemia e de toda complexidade que a população sofreu, o Paraná está de pé e firme. Quanto à sua participação política nas eleições deste ano, ele considera que agora existe essa possibilidade de se mexer e renovar o quadro do Senado. “Eu tenho dito com toda franqueza que não se trata de uma crítica pontual a A, B ou C, mas o Paraná é um estado muito forte que precisa ter uma voz mais firme no Senado. É preciso erguer a voz do Paraná no Senado e colocar o dedo na ferida em questões históricas”, disse, citando a necessidade de discutir a recuperação de mais tributos e a questão por exemplo também dos fertilizantes que afeta o Paraná em função da crise entre Rússia e Ucrânia.

Segundo ele, essa é uma discussão que causa um impacto muito forte no agronegócio do Estado e o Senado precisa colocar o dedo na ferida. “A pauta da essência do Paraná precisa estar no primeiro plano no Senado, não no segundo ou terceiro. O Paraná precisa estar liderando todo esse processo e eu estou muito animado porque a Casa Civil me deu essa condição de poder conhecer com profundidade o Paraná nas mais diferentes regiões, assim como toda a estrutura do Estado”.

Guto Silva, que foi um dos fundadores do PSD, deixou o partido recentemente e ingressou no Progressistas (PP) visando acomodar sua candidatura ao Senado. Segundo ele, dentro da atual conjuntura do seu grupo político seria muito difícil conseguir espaço para disputar a única vaga existente hoje na eleição para o Senado.

continua após publicidade

Guto Silva recebeu manifestações de apoio à sua pré-candidatura do Senado do deputado estadual Alexandre Curi e dos prefeitos Ylson Gallo, de Faxinal, e Primis de Oliveira, de Godoy Moreira. Guto Silva disse esperar receber também o apoio do governador Ratinho Junior, embora salienta que ainda é muito cedo e que muita coisa vai acontecer até as convenções partidárias e as eleições de 2 de outubro.

Atualmente, o principal nome em evidência para concorrer ao Senado com apoio de Ratinho Junior seria Álvaro Dias, que pretende concorrer à reeleição. Também surgiu como forte nos últimos dias o nome do secretário Estadual da Saúde, Beto Preto, que deixou a pasta nesta sexta-feira visando disputar algum cargo eletivo no pleito de 2 de outubro, ele que a princípio cogita disputar uma vaga na Câmara Federal. 

 Por, Edison Costa 

continua após publicidade