Vale do Ivaí

Governo autoriza a construção de 65 casas em Califórnia

Residencial Maria Portelinha receberá um investimento de R$ 4,9 milhões financiados pela Cohapar por meio do programa Casa Fácil Paraná.

Da Redação ·

O Governo do Estado autorizou o início da construção de 65 casas populares em Califórnia. As unidades habitacionais serão financiadas com recursos próprios da Cohapar para famílias com renda de um a seis salários mínimos. Os interessados em adquirir uma unidade devem se inscrever no cadastro de pretendentes da empresa, disponível na página www.cohapar.pr.gov.br/cadastro

continua após publicidade

De acordo com a chefe da regional da Cohapar, Elisângela Araújo, os investimentos no projeto são relevantes para o município. “A habitação tem um efeito econômico positivo, gerando postos de trabalho no município e, principalmente, realizando o sonho das famílias que anseiam e necessitam da sua casa própria”, afirma Elisângela.

CONSTRUÇÃO  O empreendimento terá um prazo de execução de 18 meses, com previsão de conclusão para dezembro de 2022. A obra será realizada pela construtora Pizzolato, contratada via processo licitatório pela Cohapar pelo critério de menor preço.

continua após publicidade

Os detalhes para início dos trabalhos foram discutidos nesta semana na chamada reunião de partida das obras, com representantes do setor de engenharia da sede e da regional da companhia, além de funcionários da construtora.

O encontro marca a autorização para início efetivo dos trabalhos no canteiro de obras, que terá o acompanhamento e fiscalização da Cohapar durante todas as etapas. “A limpeza do terreno já está sendo feita e na semana que vem teremos os postos de controle e os alojamentos dos trabalhadores”, afirma a chefe regional da companhia.

Para o prefeito de Califórnia, Paulo Wilson Mendes, o novo conjunto habitacional permitirá reduzir o expressivo déficit habitacional da cidade. “Com essa construção já vamos poder suprir um pouco da demanda”, comenta.

VANTAGENS  Um dos diferenciais do programa Casa Fácil são as condições de pagamento facilitadas, que incluem a isenção de cobrança de entrada e prestações mensais reduzidas de financiamento, que pode ser quitado em até 360 meses. O projeto também conta com a doação dos terrenos pela administração municipal, o que ajuda a baratear ainda mais os custos de financiamento.