Faxinal

Pai reencontra filhos após 37 anos e morre atropelado

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Pai reencontra filhos após 37 anos e morre atropelado
fonte: Reprodução
Pai reencontra filhos após 37 anos e morre atropelado

 Um momento marcado pela alegria, o reencontro de pai e filhos que não tinham contato há 37 anos. Porém, o que era para ser felicidade acabou em tragédia. Francisco Fialho de Oliveira, de 71 anos  morreu atropelado na frente da família. 

continua após publicidade

O filho dele, José de Oliveira de 43 anos, contou que estavam retornando de Minas Gerais para Faxinal no Paraná quando aconteceu o acidente.  "Eu tinha acabado de reencontrar meu pai, não deu tempo nem de tirar uma foto em família. Meu pai separou da minha mãe e foi embora com uma irmã minha. Há 37 anos  eu e meus outros dois irmãos procuramos por ele e quando encontramos, essa tragédia", disse.

José contou que estavam quase chegando em casa quando aconteceu atropelamento. "Meu pai queria muito ir no banheiro, ele pediu para parar o carro. Quando parei no acostamento ele já saiu andando, nós gritamos, mas ele não escuta bem, nós gritamos, mas ele não percebeu e foi atropelado. Eu fechei os olhos na hora, só escutei aquele barulho, depois de tanto tempo sem ele, meu pai morre atropelado na nossa frente".

continua após publicidade

Francisco e a filha, Maria Cristina Jordão de Oliveira estavam de mudança para Faxinal. "Eles moravam no interior de Minas Gerais, na época das eleições, no ano passado, eu fui pra lá, pois quando garoto eu sabia que ele tinha ido pra lá com a minha irmã. Conheci uma pessoa lá que me ajudou a encontrar meu pai e minha irmã. Eu e meu outros irmãos que moram em Faxinal tivemos a ideia de busca-los para morar com a gente. A situação deles lá não era boa. Meu pai e minha irmã aceitaram mudar, estávamos felizes com a vida nova, com o reencontro, quase chegando em casa e acontece isso", emocionado comentou José.  

A irmã que morava com o pai em Minas Gerais, vai viver agora com a família em Faxinal. "Ela cuidava do meu pai lá e agora vai viver com a gente, ela é a única que tem o sobrenome da minha mãe, já falecida", finaliza. 

O acidente aconteceu na PR-272. Francisco será sepultado em Faxinal. 

continua após publicidade

 

Pai reencontra filhos após 37 anos e morre atropelado fonte: Reprodução


continua após publicidade