Mais lidas

    Vale do Ivaí

    SANTA RITA DE CÁSSIA

    De forma gradual Lunardelli retoma turismo religioso

    Com a permissão de celebração de missas com até 600 pessoas visitantes começaram a voltar

    Santuário voltou a recepcionar os visitantes, mas com todos os protocolos sanitários de proteção contra o coronavírus
    Foto por TN Online
    Santuário voltou a recepcionar os visitantes, mas com todos os protocolos sanitários de proteção contra o coronavírus
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 22.05.2021, 05:46:09 Editado em 22.05.2021, 06:09:10
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Comemorado neste sábado (22), o dia de Santa Rita de Cássia, terá missas especiais no Santuário dedicado à santa em Lunardelli. O município de pouco mais de 4,7 mil habitantes recebia cerca de 70 mil romeiros no mês dedicado à santa, mas desde o ano passado viu o turismo religioso minguar por conta da pandemia. Neste ano, com a permissão de celebração de missas com até 600 pessoas na Igreja do Santuário, os visitantes e romeiros começaram a voltar. 

    Conforme o pároco-reitor do santuário Célio Marcos Tarozo, o Santuário voltou a recepcionar os visitantes, mas com todos os protocolos sanitários de proteção contra o coronavírus recomendados pela equipe de Saúde Municipal e Secretaria de Estado da Saúde.

    A expectativa é que o santuário receba entre sábado e domingo em torno de quatro mil pessoas, um número grande, mas que não chega a um terço da quantidade de visitantes de 2019, quando foram recebidas mais de 15 mil pessoas e cerca de 150 romarias apenas no domingo anterior à data. 

    “Como a Igreja é grande, podemos receber para a missa respeitando o distanciamento em torno de 600 pessoas. Isso sem aglomeração, porque são quatro missas por dia”, disse o padre. 

    Ainda segundo padre Célio Tarozo, quem se dirigir ao Santuário terá a certeza que estará em um ambiente seguro. “Preparado, acolhedor e onde se tem uma profunda experiência do amor de Deus aqui no Santuário”, disse. Ele relatou ainda que, em média, o Santuário recebeu 1,5 mil pessoas nos últimos domingos de maio. 

    Santa Rita de Cássia é conhecida como a santa das causas impossíveis. 

    Pandemia reduziu empregos e afetou renda de artesãos

    A pandemia também atrapalhou a economia local, que tem no turismo religioso, uma das principais atividades de renda de muitas famílias da cidade. 

    Segundo o prefeito Reinaldo Grola, o prejuízo com a pandemia foi e continua sendo muito grande. “A pandemia nos causou uma grande perda, tanto financeira, quanto na parte de empregos, principalmente, com as vagas de finais de semana que eram geradas com a movimentação dos romeiros. Ficamos praticamente um ano parados, nossa feira de artesanato ficou parada, as lojas se mantiveram, mas com muita dificuldade”, disse o prefeito. 

    Porém, neste ano, mesmo com tantas limitações, segundo Reinaldo, já é possível perceber uma pequena movimentação pela vontade dos romeiros de voltarem a Lunardelli.

    “As pessoas estão passando por um momento muito difícil e procuram se aproximar de Deus para fortalecer a fé. Temos percebido que as pessoas de locais próximos, como Maringá, Londrina, Guarapuava que estão buscando isso, estão vindo para Lunardelli. Não estamos fazendo propaganda para que as pessoas venham, mas também não podemos negar o atendimento as pessoas que venham ao santuário. Aos que vem, a gente tem pedido muito para que redobrem os cuidados, o santuário também tem feito muito bem isso, cuidado muito bem das questões sanitárias”, diz Grola

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Vale do Ivaí

    Deixe seu comentário sobre: "De forma gradual Lunardelli retoma turismo religioso"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.