Mais lidas

    Vale do Ivaí

    AGRICULTURA

    Chuva anima produtores para plantio de soja no Vale do Ivaí

    A precipitação acumulada média na região até por volta das 9h30 estava em 14 milímetros
    Foto por TN Online
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 10.10.2020, 07:40:53 Editado em 10.10.2020, 07:41:30
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Depois de 40 dias de estiagem, o Vale do Ivaí registrou chuva na madrugada e início da manhã de sexta-feira (8).  A precipitação acumulada média na região até por volta das 9h30 estava em 14 milímetros. Bom para os produtores de soja que planejam o início do plantio para os próximo dias. 

    “Com as precipitações da manhã de hoje (sexta-feira) já dá para plantar e germinar, mas tem que correr o risco porque a umidade do solo não é suficiente para manter a planta. Há necessidade de pelo menos   uma chuva nos próximos 15 dias para ajudar no desenvolvimento”, diz o engenheiro agrônomo Sergio Carlos Empinotti do Departamento de Economia Rural (Deral) de Ivaiporã.

    Empinotti acredita que pelo menos 20% dos produtores devem iniciar o plantio da soja na próxima semana. “Alguns vão esperar mais chuva, porque a terra estava muito seca e preferem não arriscar”.

    Nesta temporada, o plantio da cultura no Vale do Ivaí em relação à anos anteriores está atrasada. Na regional da Seab de Ivaiporã que tem 15 municípios na área de abrangência, nesta mesma época de 2019, já tinha mais de 20% da área semeada com o grão.

    Normalmente na região, muitos produtores preferem adiantar o plantio da soja entre setembro e outubro, para em fevereiro possam semear o milho safrinha que além de ser bom para a rotação de culturas, também se encontra com preços muito bom. “Existe um risco maior de plantio depois de fevereiro. O clima fica mais frio e tem o risco de geada”.  

    Área e Preço

    Para a safra 2020/2021, a previsão do Deral é que a área cultivada com o plantio da soja na regional de Ivaiporã tenha crescimento de 4% , ocupando quase 163 mil de hectares. Na safra anterior, os produtores plantaram 156,8 mil hectares.

    O aumento de área destinada ao cultivo de soja nesta safra será transferido de áreas de plantio do milho primeira safra, feijão e pastagem. “Além do preço em alta, a lavoura de soja tem liquidez, é melhor para o produtor aqui da região que encontra facilidade tanto na hora de plantar quanto na colheita”, comenta. Na tarde de sexta-feira a soja estava cotada na região de Ivaiporã à R$ 142,30.

    Se o aumento da área for confirmado e contando com clima favorável, a produção regional na próxima temporada deverá somar acima de 600 mil toneladas. Na safra 2019/20 quando os produtores da regional bateram recorde de produtividade, foram colhidas 656,8 mil toneladas. A safra anterior fechou com média de 4,2 toneladas por hectare. 

     

     

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Vale do Ivaí

    Deixe seu comentário sobre: "Chuva anima produtores para plantio de soja no Vale do Ivaí"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.