Carga de óleo vegetal é roubada na BR-376; motorista é feito refém - TNOnline
Mais lidas

    Vale do Ivaí

    MAUÁ DA SERRA

    Carga de óleo vegetal é roubada na BR-376; motorista é feito refém

    Carga de óleo vegetal é roubada na BR-376; motorista é feito refém
    Foto por Reprodução
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 09.10.2020, 09:12:27 Editado em 09.10.2020, 09:12:26
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Um caminhoneiro foi feito refém durante um assalto na manhã de quinta-feira (8) na região de Mauá da Serra. O trabalhador só foi liberado na madrugada desta sexta-feira (9) e pediu por ajuda. 

    O homem contou para a Polícia Militar (PM) que estava na BR-376 próximo da praça de pedágio de Mauá da Serra, quando por volta das 9h, o caminhão perdeu a força e teve que parar.

    O motorista ainda disse que quando parou, foi rendido por dois homens encapuzados e armados com revólver. Os ladrões retornaram com ele sentido Marilândia do Sul. Ele foi levado até um local no Distrito de São José, onde ficou amarrado até às 2h30 da madrugada, e então conseguiu se soltar. 

    O homem ainda contou que os suspeitos colocaram um aparelho no caminhão para bloquear o rastreamento. Que estava com dois semirreboques com carga de óleo vegetal. 

    Por volta das 4 da madrugada, a PM encontrou o caminhão abandonado próximo a rodovia com a chave na ignição. A carga foi levada.

    O veículo foi levado para a delegacia de Marilândia do Sul. 


    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Vale do Ivaí

    Deixe seu comentário sobre: "Carga de óleo vegetal é roubada na BR-376; motorista é feito refém"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.