Vale do Ivaí

Câmara de Jandaia do Sul terá primeira sede própria em 70 anos

Legislativo garantiu junto ao governo do Estado terreno de 1.640,52 m² ao lado da Unidade Polo

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Câmara de Jandaia do Sul terá primeira sede própria em 70 anos
fonte: Da Redação

A Câmara de Jandaia do Sul deve ganhar em 2023 sua primeira sede própria em 70 anos de história. Desde a primeira legislatura, iniciada em 1952, a Casa de Leis funcionou junto à Prefeitura. No entanto, em setembro do ano passado, o Legislativo passou a ocupar um imóvel na Avenida Anunciato Sonni, no Parque Industrial, após uma chuva de granizo danificar a cobertura do prédio da administração municipal, afetando diretamente  as salas destinadas ao Legislativo. 

continua após publicidade

Agora, a Câmara de Jandaia do Sul comemora uma conquista histórica. A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) aprovou no final do ano passado a cessão de um terreno de 1.640,52 m² junto ao Colégio Estadual Unidade Polo, também na Avenida Anunciato Sonni. No local, o Legislativo construirá, com recursos do município, sua primeira sede.

Segundo o ex-vereador e historiador Milton Lopes, a atual sede da Prefeitura na Praça do Café foi inaugurada na gestão do ex-prefeito Salvador Valera Sanchez (1960-1964). A Câmara foi instalada no primeiro andar, enquanto o térreo foi ocupado pela administração. Antes, a prefeitura funcionou em vários outros endereços, sempre levando consigo a estrutura do Legislativo.

continua após publicidade

"Na gestão do ex-prefeito Neco (Manoel Fernandes Maciel, entre 1997 e 2000), houve a primeira tentativa de instalar uma sede própria da Câmara. Um imóvel foi adquirido em cima do Banco do Brasil, mas a transferência do Legislativo não deu certo por conta de problemas de acessibilidade”, lembra o ex-vereador. Segundo ele, na época, o Legislativo tinha um vereador cadeirante e não foi possível fazer a adaptação necessária. Com isso, a ideia foi abandonada.

Agora, o antigo sonho da sede própria voltou à pauta. O vereador João Paulo Bosio (União Brasil), presidente da Câmara de Jandaia do Sul, explica que será possível fazer a matrícula do terreno doado pelo Estado apenas em 2023 por conta das eleições estaduais de 2 de outubro, mas os trâmites da construção já começaram.

Ele afirma que a Prefeitura vai, durante 2022, trabalhar na elaboração do projeto arquitetônico. “A Prefeitura tem uma empresa contratada por meio de licitação para realização de projetos, que já está fazendo o da sede própria da Câmara”, diz. Ele ainda não tem detalhes do investimento e do layout. “Posso dizer que será uma sede moderna e funcional”, adianta.

continua após publicidade

Ele afirma que em um terreno ao lado, onde funcionava a antiga Associação da Família Forense, será construída a nova sede do Fórum de Jandaia do Sul, já que esta área foi doada pelo município ao Tribunal de Justiça (TJ-PR) para essa finalidade. “Serão dois poderes – Legislativo e Judiciário – praticamente no mesmo endereço”, comenta o presidente da Câmara.

Ele afirma que o objetivo é garantir a inauguração da sede própria do Legislativo de Jandaia do Sul entre o final de 2023 e o início de 2024.