Vale do Ivaí

Briga em boate termina com acusação de suposto roubo

O denunciante também disse que o dono emprega mulheres com idade abaixo da maioridade

Da Redação ·
Imagem ilustrativa
fonte: TN Online/Arquivo
Imagem ilustrativa

A Polícia Militar (PM) foi acionada para o hospital Municipal de Ivaiporã na manhã de terça-feira (25), onde um homem dizia ter sido vítima de roubo.  

continua após publicidade

No local, ele relatou aos policiais, que trabalha em uma boate, na Rua Quintino Bocaiuva e que na noite anterior se desentendeu com seu patrão e com a mulher dele.  

Disse que na boate o dono emprega mulheres com idade abaixo da maioridade que havia duas meninas com idade de 16 anos, e que a briga se iniciou após o solicitante ver uma identidade de uma das menores, e que segundo ele, se tratava de uma identidade falsa. Logo após isso a identidade acabou desaparecendo, e proprietário acusou o solicitante de ter pego a identidade falsa da menor.  

continua após publicidade

O solicitante, informou ainda aos policiais que após a briga   teve que se retirar as pressas da boate, pois o dono o ameaçou dizendo que se ele chamasse a polícia iria lhe arrancar a cabeça. Quando ele estava se retirando do local o suposto autor o teria alcançado e pegado seus bens,  incluindo R$ 150 em dinheiro e um celular.  

A equipe então orientou o solicitante sobre as providências a serem tomadas e foi até a boate junto com o denunciante, porém no local não estava nem as menores informadas por ele e nem o proprietário.

O solicitante então foi levado até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) onde o mesmo queria ter acesso ao órgão, e orientado sobre seus direitos, e a equipe confeccionou um boletim de ocorrência.