Vale do Ivaí

Aniversário: Cambira completa 60 anos nesta sexta

“O que se pode comemorar hoje é uma cidade organizada, bem estruturada e planejada para o futuro, sempre visando melhorar a qualidade de vida de sua gente”, diz Toledo

Da Redação ·

Aniversário: Cambira comemora nesta sexta-feira (22), 60 anos de emancipação política e administrativa. Município tem hoje cerca de 7,9 mil habitantes e 5,9 mil eleitores.

continua após publicidade

Em virtude das restrições sanitárias da pandemia, nenhuma festa foi programada pela administração municipal para lembrar a data. No entanto, o prefeito Emerson Toledo Pires (MDB) assegura que a população tem muito a comemorar. “O que se pode comemorar hoje é uma cidade organizada, bem estruturada e planejada para o futuro, sempre visando melhorar a qualidade de vida de sua gente”, diz Toledo.

Segundo ele, Cambira é um município que, ao longo de décadas, vem experimentando um desenvolvimento econômico e social expressivo, graças às ações de todos os prefeitos que comandaram a Prefeitura neste período, às indústrias que se instalaram na cidade, à força da sua agricultura e do agronegócio e ao trabalho de toda a comunidade. 

continua após publicidade

Neste aspecto, ele vê também como um fator positivo para esse desenvolvimento o fato de Cambira estar num local privilegiado no eixo Londrina-Maringá. Tanto que a administração municipal está planejando a instalação de um novo parque industrial para instalação de mais empresas.

Entre os projetos futuros, o prefeito cita uma nova ligação entre Cambira e Jandaia do Sul, com a pavimentação com pedras irregulares da estrada secundária e construção de uma ciclovia ligando as duas cidades. Também planeja a construção de novas escolas, creches, ampliação do horário de atendimento da saúde, um parque urbano no Residencial Cruzeiro e outros projetos.

Do ponto de vista administrativo, o prefeito Toledo assinala que Cambira conseguiu suportar bem os obstáculos impostos pela pandemia. “O município está com suas finanças em dia e com todas as certidões negativas em ordem”, diz, destacando a harmonia e a integração que existem hoje entre Executivo, Câmara der Vereadores e os governos estadual e federal.

Por, Edison Costa - jornalista do grupo Tribuna do Norte