TribunaPlay

Monsenhor Roberto Carrara é agredido durante tentativa de assalto

Da Redação · No mês de março, o monsenhor Roberto Carrara, ex-pároco da Catedral Nossa Senhora de Lourdes, sofreu uma tentativa de assalto durante uma viagem à Roma e vem se recuperando de uma queda que sofreu. O religioso quebrou o ombro e punho do braço direito. No dia do crime, 26/3, o padre, que atualmente está na Paróquia Coração Eucarístico, no Jardim Apucarana, estava acompanhado do amigo de longa data, o empresário apucaranense Luís Bertoli, quando foram surpreendidos por três mulheres. Segundo o monsenhor, quando os dois retornavam de um passeio para o hotel, a cerca de 11 metros dos muros do Vaticano, por volta das 11h30, as três autoras foram para cima deles. "O Bertoli conseguiu esquivar de duas, mas a outra mulher veio para cima de mim e me pediu dinheiro. Eu peguei algumas moedas e entreguei para ela. No entanto, a autora viu minha carteira, que estava pendurada em meu pescoço e me empurrou. Nesse momento, cai de costas no chão e fraturei o ombro e o punho. Senti muita dor e fui para o Pronto Socorro", recorda.

 No mês de março, o monsenhor Roberto Carrara, ex-pároco da Catedral Nossa Senhora de Lourdes, sofreu uma tentativa de assalto durante uma viagem à Roma e vem se recuperando de uma queda que sofreu. O religioso quebrou o ombro e punho do braço direito. No dia do crime, 26/3, o padre, que atualmente está na Paróquia Coração Eucarístico, no Jardim Apucarana, estava acompanhado do amigo de longa data, o empresário apucaranense Luís Bertoli, quando foram surpreendidos por três mulheres. Segundo o monsenhor, quando os dois retornavam de um passeio para o hotel, a cerca de 11 metros dos muros do Vaticano, por volta das 11h30, as três autoras foram para cima deles. "O Bertoli conseguiu esquivar de duas, mas a outra mulher veio para cima de mim e me pediu dinheiro. Eu peguei algumas moedas e entreguei para ela. No entanto, a autora viu minha carteira, que estava pendurada em meu pescoço e me empurrou. Nesse momento, cai de costas no chão e fraturei o ombro e o punho. Senti muita dor e fui para o Pronto Socorro", recorda. - Vídeo por: tnonline  

continua após publicidade