TribunaPlay

Deputada federal Luísa Canziani pleiteia IFPR para Apucarana; veja

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
A deputada federal Luísa Canziani (PSD-PR) está pleiteando a instalação do Instituto Federal do Paraná (IFPR) em Apucarana. O objetivo é ampliar a oferta de cursos profissionais e tecnológicos para os jovens do município. Em entrevista ao TNOnline, a parlamentar afirmou nesta segunda-feira (18) que está trabalhando no projeto junto ao reitor da instituição, Odacir Antonio Zanatta. Ela também vai propor a inclusão de recursos no Orçamento da União de 2023 para a instalação do IFPR, conhecido por sua excelência na formação técnica. “Nós temos em Apucarana a UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), que é um orgulho da cidade na área do ensino superior, mas há uma grande necessidade também de formação profissional e tecnológica. Penso que esta é a grande pauta atual da educação no Brasil”, assinala Luísa, lembrando que o projeto da UTFPR foi conquistado pelo pai e ex-deputado federal Alex Canziani (PSD-PR).

  A deputada federal Luísa Canziani (PSD-PR) está pleiteando a instalação do Instituto Federal do Paraná (IFPR) em Apucarana. O objetivo é ampliar a oferta de cursos profissionais e tecnológicos para os jovens do município. Em entrevista ao TNOnline, a parlamentar afirmou nesta segunda-feira (18) que está trabalhando no projeto junto ao reitor da instituição, Odacir Antonio Zanatta. Ela também vai propor a inclusão de recursos no Orçamento da União de 2023 para a instalação do IFPR, conhecido por sua excelência na formação técnica. “Nós temos em Apucarana a UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), que é um orgulho da cidade na área do ensino superior, mas há uma grande necessidade também de formação profissional e tecnológica. Penso que esta é a grande pauta atual da educação no Brasil”, assinala Luísa, lembrando que o projeto da UTFPR foi conquistado pelo pai e ex-deputado federal Alex Canziani (PSD-PR). - Vídeo por: tnonline  

continua após publicidade