TribunaPlay

Apucarana sedia seminário macrorregional sobre o “CadÚnico”

Da Redação · O Seminário Macrorregional da Gestão Intersetorial do Cadastro Único e Programa Auxílio Brasil, que iniciou nesta quarta-feira (11/05) em Apucarana, reúne técnicos de mais de 70 municípios. A capacitação abrange profissionais das áreas de saúde, educação e assistência social das regionais de Apucarana, Londrina, Jacarezinho e Cornélio Procópio. O evento, que acontece no anfiteatro Gralha Azul, da Unespar, contou com a presença do prefeito Junior da Femac e, representando o Legislativo, do vereador Franciley Preto de Godói (Poim). Também estiveram presentes representantes dos núcleos regionais da Sejuf, núcleos regionais de educação e núcleos de saúde, além de representantes dos trabalhadores, prestadores de serviço e usuários. Junior da Femac destacou a importância da capacitação, lembrando que o “CadÚnico” é a porta de entrada para o atendimento do público em situação de vulnerabilidade social. “Questões como habitação, transferência de renda e alimentação são encaminhadas pelo Cadastro Ùnico, que é a grande porta aberta para o atendimento de quem mais precisa”, frisa Junior da Femac.

 O Seminário Macrorregional da Gestão Intersetorial do Cadastro Único e Programa Auxílio Brasil, que iniciou nesta quarta-feira (11/05) em Apucarana, reúne técnicos de mais de 70 municípios. A capacitação abrange profissionais das áreas de saúde, educação e assistência social das regionais de Apucarana, Londrina, Jacarezinho e Cornélio Procópio. O evento, que acontece no anfiteatro Gralha Azul, da Unespar, contou com a presença do prefeito Junior da Femac e, representando o Legislativo, do vereador Franciley Preto de Godói (Poim). Também estiveram presentes representantes dos núcleos regionais da Sejuf, núcleos regionais de educação e núcleos de saúde, além de representantes dos trabalhadores, prestadores de serviço e usuários. Junior da Femac destacou a importância da capacitação, lembrando que o “CadÚnico” é a porta de entrada para o atendimento do público em situação de vulnerabilidade social. “Questões como habitação, transferência de renda e alimentação são encaminhadas pelo Cadastro Ùnico, que é a grande porta aberta para o atendimento de quem mais precisa”, frisa Junior da Femac. - Vídeo por: tnonline  

continua após publicidade