Paraná passa a usar mais um critério para confirmação da Covid-19 - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

DIAGNÓSTICO

Paraná passa a usar mais um critério para confirmação da Covid-19

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

A Secretaria da Saúde do Paraná passou a utilizar, desde terça-feira também o critério clínico/epidemiológico para confirmação da Covid-19 no Estado. A medida amplia a forma de diagnostico. Até agora a doença era confirmada apenas por exame laboratorial e testes rápidos.

http://divulgação/
Foto: Agência Brasil
 

No informe divulgado nesta terça-feira foram registrados 85 novos casos, sendo seis deles pelo novo critério, e mais duas mortes. No geral, até a terça-feira, 1271 pessoas foram confirmadas com a doença no Paraná, sendo que 851 estão recuperadas e liberadas do isolamento e 77 faleceram.

Os dois óbitos ocorridos nas últimas 24 horas são de uma mulher, de 74 anos, residente em Guaíra, e de um homem de 81, morador de Curitiba. Ambos estavam internados.

DIAGNÓSTICOS – Para a confirmação pelo critério clínico/epidemiológico, que a Secretaria da Saúde passa a utilizar, a pessoa deve ter tido contato próximo ou domiciliar com caso confirmado laboratorialmente para COVID-19 nos últimos sete dias, antes do aparecimento dos sintomas.

Até hoje os diagnósticos eram realizados apenas por meio de exames laboratoriais, pelo método RT-PCR, e por testes rápidos enviados pelo Ministério da Saúde.

O método RT-PCR analisa se o organismo do paciente está com o vírus e por isso é realizado nos primeiros dias de sintomas. Nos testes rápidos, a verificação é para saber se a pessoa já teve a doença e o organismo produziu anticorpos.

Esses testes rápidos utilizam amostras de sangue. A execução e a leitura da presença de anticorpos devem ser realizadas por profissionais da saúde. O resultado é verificado após 15 minutos.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Paraná passa a usar mais um critério para confirmação da Covid-19"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.