Rafael Cortez cria comédia sobre quarentena para ajudar retomada do teatro - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Arte

Rafael Cortez cria comédia sobre quarentena para ajudar retomada do teatro

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Sabe aquela expressão rir para não chorar? Ela explica um pouco como surgiu a comédia Antivírus, o show, novo stand-up criado por Rafael Cortez. O humorista decidiu criar uma apresentação para divertir com questões típicas e curiosas que muitas pessoas estão se deparando durante o período de quarentena para conter o avanço do novo coronavírus. Além de ter a pretensão de estabelecer um contra-ponto alegre a uma pandemia, quando o isolamento social não for mais necessário, o artista promete fazer temporadas sem cobrar cachê em pequenos teatros para contribuir com a retomada do setor cultural.

Todo domingo, às 20h, no Facebook e Instagram já é possível ver Rafael Cortez contando que agora é preciso pedir para que os animais de estimação nos levem para dar uma voltinha ou falando sobre a dificuldade de ajudar as crianças que estão estudando em casa quando não nos lembramos nem o que é o Tratado de Tordesilhas. A ideia do comediante é testar em lives, que ele faz sozinho ou no máximo com a ajuda da namorada Marcella Calhado, as piadas e também praticar."

O comediante não pode ficar alheio ao que está acontecendo, porque está impactando a vida de todos nós. Mas eu não estou fazendo uma piada sobre o que realmente é trágico nisso tudo. Eu não falo sobre mortes, hospitalizações, hospitais, fome, demissões, falências. O meu stand-up não é sobre a doença. Fico buscando o que eu posso tirar de leve da experiência de isolamento social", ressalta Cortez.

Mais do que uma maneira para superar com bom humor a quarentena, o Antivírus, o show é uma estratégia para contribuir com a retomada do setor cultural quando esse momento chegar. Na opinião do humorista, o mercado artístico está muito prejudicado, porque será um dos últimos a voltar por envolver aglomeração."

A gente como artista vai ter que estimular as pessoas estarem em uma plateia e ajudar os pequenos teatros a fazerem negócio. Quando pudermos voltar, quero ser o primeiro cara do stand-up que tem um show inédito que fale só sobre isso que aconteceu e quero ser um estímulo para os pequenos teatros. Não precisa me pagar um cachê", afirma o comediante.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Rafael Cortez cria comédia sobre quarentena para ajudar retomada do teatro"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.