Revista UAU!

Público denuncia transfobia em Lili, música de dupla sertaneja

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Público denuncia transfobia em Lili, música de dupla sertaneja
fonte: Reprodução
Público denuncia transfobia em Lili, música de dupla sertaneja

“Ô, Lili. Ô, Lili. Por que você mentiu para mim. Ô, Lili. Ô, Lili. Amor da minha vida é um travesti.” Esse é o refrão da música “Lili”, da dupla sertaneja Pedro Motta e Henrique, que foi postada no YouTube na última sexta-feira (18) e retirada do ar no fim da noite do dia seguinte após movimentação do público apontando transfobia da produção.

continua após publicidade

Além do desrespeito ao gênero, a música reforça estereótipo de que uma travesti engana o homem ao “se passar” por mulher.

Outro trecho da letra é esse: “Agora eu entendo porque ela não queria fazer amor. Uma voz feminina, uma pele macia, me enganou tão bem”.

continua após publicidade

Outro trecho da letra é esse: "Agora eu entendo porque ela não queria fazer amor. Uma voz feminina, uma pele macia, me enganou tão bem".

No meio da madrugada do domingo 20, o vídeo, que registrava live dos cantores, tinha 536 "Eu gostei" e 5,6 mil "Não gostei".

Trans foram além de apenas um clique e escreveram nos comentários as razões que fazem a composição ser preconceituosa.

continua após publicidade

"Olá tudo bem? Eu vim pros comentários com intuito de dizer que eu não sou enganação pra ngm. Sou mulher trans e me senti ofendida por esta música. Muito triste que pra alguém crescer, precisa menosprezar uma outra pessoa. Imagina uma pessoa tendo que viver recebendo preconceito e não aguentar esta vida e cometer suicidio! Isso acontece muito! Se não somos assassinadas, somos zombadas!", disse Laura Porto.

"Ultimamente tem surgido uma grande parte de músicos sertanejos ofendendo pessoas trans. Será que você não conseguem fazer sucesso sem criticar ou ridicularizar pessoas? O pior q sempre tem público para semear o ódio", afirmou Luana Soares.

Por, Metrópoles 

Tags relacionadas: #dupla #Música #TRANSFOBIA