Revista UAU!

Morre Paulinho Carvalho, contrabaixista do Clube da Esquina

Falecimento de músico foi confirmado por amigos através das redes sociais

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Morre Paulinho Carvalho, contrabaixista do Clube da Esquina
fonte: Reprodução/Instagram
Morre Paulinho Carvalho, contrabaixista do Clube da Esquina

Nesta segunda-feira (16), morreu o contrabaixista mineiro Paulinho Carvalho, de 67 anos, considerado um instrumentistas mais criativos do Brasil. O músico tinha anos de trabalho ao lado de Milton Nascimento, Lô Borges, Beto Guedes e Flavio Venturini, além de ter sido um dos integrantes do Clube da Esquina. 

continua após publicidade

O falecimento de Paulinho foi confirmada pelos amigos nas redes sociais. Porém, a causa da morte não foi divulgada pela família. 

Lamentações

continua após publicidade

"Além de um gigante no contrabaixo, Paulinho Carvalho, esse amigo que infelizmente nos deixou no dia hoje, foi um grande companheiro de estrada. Obrigado por tudo, Paulinho!", escreveu Milton Nascimento, no Twitter. 

História

Paulo César de Carvalho nasceu em Belo Horizonte e se encantou pelas cordas ainda na infância, quando ganhou da mãe um violão. Ela mesma lhe ensinou os primeiros acordes. Aos 18 anos, o garoto já tocava profissionalmente nos bares e bailes da vida com a banda do pianista e compositor Marilton Borges. 

continua após publicidade

Nos anos 1980, na garagem dos irmãos Flávio e Cláudio Venturini, foi convidado por Lô Borges para gravar o disco “Via Láctea”. Começava aí uma longa e bem-sucedida parceria com diversos músicos do Clube da Esquina. Ao lado de Milton Nascimento, Paulinho participou da gravação de dez discos e turnês internacionais. Tocou ainda com Beto Guedes por 13 anos, além de integrar a banda de Lô.

Com informações do site Uai! 

Tags relacionadas: #clube da esquina #Luto #Música