Revista UAU!

Demi Moore é criticada na web após levar cachorro no Museu do Louvre

O famoso museu proíbe a entrada de animais, com exceção de cão-guia e cães de assistência para pessoas com deficiência

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Nas imagens, Pilaf não aparece usando coleira ou nenhum outro tipo de identificação
fonte: Reprodução/Redes Sociais
Nas imagens, Pilaf não aparece usando coleira ou nenhum outro tipo de identificação

Demi Moore está dando o que falar entre os fãs por mostrar que levou seu cachorro, Pilaf, para passear no Museu do Louvre, em Paris, na França. O museu proíbe a entrada de animais, com exceção de cão-guia e cães de assistência para pessoas com deficiência, motora ou mental.

continua após publicidade

Nas fotos, a atriz, de 59 anos de idade, segura o animal no colo e posa com ele em frente ao quadro de Mona Lisa e de estátuas. Não há outras pessoas nas imagens com Demi, o que pode indicar que ela tenha feito uma visita privada no museu.

De acordo com a Confederação Nacional/Organização de Cães de Assistência na França, a lei de acessibilidade no país exige dois documentos: um cartão do Estado que atesta a deficiência e um cartão que valida a certificação de educação adequada para os cães de assistência.

continua após publicidade

Nas imagens, Pilaf não aparece usando coleira ou nenhum outro tipo de identificação. Nos comentários do Instagram, internautas criticaram a postura de Demi.

"Não sabia que eles permitiam a entrada de animais", questionou um fã. "Eles não deixam, mas se você é famoso talvez eles abram uma exceção", respondeu outra. "Triste ver que celebridades abusam da fama para levar animais que pessoas comuns não podem", criticou outra internauta. "Como permitiram a entrada de um cachorro no Louvre?", disse uma fã.


Fonte: Revista Quem.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News