Revista UAU!

Ator Sérgio Hondjakoff inicia tratamento contra dependência química

O diretor do Instituto de Dependência Química de Sorocaba disse que o ator foi à clínica de forma voluntária

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
O ator, conhecido por fazer o personagem Cabeção, buscou à clínica de forma voluntária
fonte: Reprodução/Redes Sociais
O ator, conhecido por fazer o personagem Cabeção, buscou à clínica de forma voluntária

O ator Sérgio Hondjakoff, conhecido por fazer o personagem Cabeção em "Malhação", da TV Globo, decidiu um tratamento contra dependência química em um instituo de Sorocaba, São Paulo. A informação foi confirmada na manhã desta segunda-feira (13), pelo diretor do Instituto de Dependência Química de Sorocaba, Denis Marcelo de Carvalho. 

continua após publicidade

Segundo ele, o ator foi à clínica de forma voluntária e começou o tratamento no sábado (11). 

"O nosso tratamento tem uma média de duração de 3 a 4 meses. Tudo depende da evolução de cada paciente", explica.

continua após publicidade

Um dos responsáveis pela internação de Sérgio foi o ex-polegar Rafael Ilha. Ele alega que ficou sensibilizado ao ver o vídeo em que o ator ameaça o próprio pai. As imagens viralizaram nas redes sociais.

Luta contra o vício

Em agosto do ano passado, o ator admitiu seu vício em drogas e chegou a ser internado em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos, em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo. A instituição em questão foi interditada pelo Ministério Público por manter 46 pacientes em cárcere privado.

continua após publicidade

Na época, foi apresentada uma lista onde aparecia o nome do ator, que na hora negou a informação. Dias depois, ele gravou um áudio ao R7 se desmentindo e confirmando a reabilitação.

"É com muita vergonha que venho através desse áudio dizer às pessoas que gostam de mim e as que não gostam, enfim... As pessoas em geral. Quero pedir desculpas por ter gravado um vídeo ontem, mentindo sobre a minha internação. Eu fui internado porque foi preciso e eu menti para preservar a minha família e, principalmente, o meu filho, que só tem um aninho de idade", disse ele.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News