Revista UAU!

Após boato de morte, Gui Pagnoncelli diz que perfil foi hackeado

A Polícia Civil investiga o caso, mas não passou mais detalhes sobre o que ocorreu

Da Redação · GoogleNews

Siga o TNOnline
no Google News

Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
No sábado (18), seguidores do perfil verificado de Gui no Instagram viram nos Stories um comunicado de que ele teria morrido no Hospital Teresa De Lisieux
fonte: Reprodução/Instagram
No sábado (18), seguidores do perfil verificado de Gui no Instagram viram nos Stories um comunicado de que ele teria morrido no Hospital Teresa De Lisieux

Após ter seu nome envolvido num boato de morte durante o fim de semana, o influenciador digital Gui Pagnoncelli, de 32 anos, disse que sua conta verificada no Instagram (@guipagnoncelli_), com mais de 500 mil seguidores, foi hackeada.

continua após publicidade

A declaração foi dada em vídeo publicado num perfil com outro nome de usuário (@guipagnoncelli.real). Na postagem, ele afirma que a conta original foi invadida no ano passado, e que levou o caso à Polícia Civil de Alagoas. Gui faz tratamento para câncer e costumava divulgar sua rotina.

Procurada pelo site Extra, a corporação confirmou que "consta nos dados da instituição um Boletim de Ocorrência registrado pelo influenciador digital Gui Pagnoncelli da Silva Costa por invasão à sua rede social de outubro de 2021".

continua após publicidade

"A Polícia Civil esclarece que as investigações seguem em andamento e não repassará detalhes no momento", acrescentou, sem mencionar em que momento o boletim foi feito.

No sábado (18), seguidores do perfil verificado de Gui no Instagram viram nos Stories um comunicado de que ele teria morrido no Hospital Teresa De Lisieux, na Bahia. "É com profundo pesar que informamos que nosso guerreiro nos deixou hoje. Ele lutou com todas as forças, mas os planos de Deus foram outros", dizia a publicação enganosa.

Porém, a unidade de saúde negou esta informação e reiterou que o influenciador foi atendido num hospital em Alagoas, mas que já tinha recebido alta.

continua após publicidade

"O hospital informa que não houve atendimento do paciente Gui Pagnoncelli no Hospital Teresa de Lisieux, em Salvador, na Bahia. Na tarde deste sábado (18), o paciente foi atendido no Hospital Maceió e já recebeu alta", publicou a nota do Teresa De Lisieux.

Gui recorreu ao perfil @guipagnoncelli.real para esclarecer que está "vivo e bem". Ele disse que, no sábado, foi "surpreendido" pela publicação no perfil @guipagnoncelli_ anunciando sua morte.

"Deixaram um tempo fora do ar e começaram a fazer publicações dizendo que eu estava na UTI e que eu estava tendo parada cardíaca, sempre com um link de um site pra levar a um aplicativo. Não aconselho vocês a estarem clicando", explicou o influenciador, reforçando que não é mais ele quem está controlando aquele perfil verificado.

continua após publicidade

De acordo com Gui, o boletim de ocorrência foi feito em dezembro de 2021, quando começaram as publicações em seu nome. "Espero que a polícia tome as providências porque eu fiz boletim de ocorrência". 

A assessoria de imprensa do Instagram também foi procurada, mas informou que a rede social não vai comentar sobre o que ocorreu. 

As informações são do site Extra.