Revista UAU!

Alec Baldwin fala pela 1ª vez após morte de diretora em set

"Me disseram que eu tinha recebido uma arma vazia" disse Baldwin

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Alec Baldwin fala pela 1ª vez após morte de diretora em set
fonte: Reprodução

Pela primeira vez após o incidente que acabou matando com um tiro a diretora de fotografia Halyna Hutchins, no set do filme “Rust”, Alec Baldwin fala sobre o caso e diz que não disparou arma.

continua após publicidade

Em entrevista à emissora ABC, exibida nesta quinta-feira (2), o ator disse que, durante um ensaio de cena, puxou o cão do revólver, e quando soltou, a arma disparou, acertando Halyna.

“Ela estava próxima à câmera, olhando para um monitor, me guiando sobre o ângulo no qual eu deveria segurar a arma. Ela não deveria ser disparada daquele ângulo. Estou segurando a arma onde me mandaram, que era bem abaixo do braço dela. Um ângulo que poderia nem ser filmado”, explica o ator, que afirma que que a própria diretora de fotografia pediu para que ele engatilhasse a arma.

continua após publicidade

“Puxei o cão (do revólver) o máximo que eu podia sem engatilhar a arma. Eu solto o cão e ‘bang’, a arma dispara. (…) A arma deveria estar vazia. Me disseram que eu tinha recebido uma arma vazia. Ela cai, eu pensei: ‘Ela esmaiou?”, diz Baldwin.

O ator também comentou sobre o encontro com o marido da diretora, Matthew Hutchins, e seu filho, de 9 anos. “Eles foram o mais gentis o possível. Ele falou: ‘Bem, acho que você e eu vamos passar por isso juntos’.”

Emocionado, Baldwin comentou sobre o filho de Halyna. “Esse menino não tem mais mãe. E não há nada que possamos fazer para trazê-la de volta. Eu falei para ele: ‘Não sei o que dizer. Não sei como expressar para você o quanto eu sinto, e eu farei qualquer coisa para cooperar'”.

continua após publicidade

O disparo acidental que matou Halyna Hutchins aconteceu no dia 21 de outubro, no Novo México (EUA). O diretor do filme, Joel Souza, de 48 anos, ficou ferido.

Informações da Istoé