Mais lidas

    Região

    REGIÃO

    Trabalhadores de frigorífico protestam por medidas contra a covid em Rolândia

    Trabalhadores de frigorífico protestam por medidas contra a covid em Rolândia
    Foto por Divulgação/Stiaar
    Escrito por redação
    Publicado em 27.08.2020, 12:45:01 Editado em 27.08.2020, 12:51:50
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Funcionários de um frigorífico realizaram um protesto na tarde de quarta-feira (26), pedindo a adoção de medidas de proteção contra o coronavírus na empresa onde trabalham, em Rolândia. A ação foi motivada após a morte de dois funcionários da empresa por complicações causadas pela Covid-19, em apenas duas semanas. 

    A manifestação foi acompanhada pelo Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Alimentação de Arapongas, Rolândia e Região (Stiaar),  que lançou a campanha "A carne mais barata do frigorífico é a do trabalhador", em parceria com a Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins (CNTA) e com a Confederação dos Trabalhadores na Indústria da Alimentação (Contac) e com a Regional Latinoamericana de la (UITA). 

    O protesto foi pacífico e respeitou as normas da Organização Mundial da Saúde e ocorreu em frente à JBS de Rolândia. De acordo com o Stiaar, o número de trabalhadores do setor da alimentação diagnosticados com Covid-19 tem aumentado diariamente no país. O ambiente fechado e úmido colabora com a propagação do vírus dentro dos frigoríficos, que passa a ser um local bastante propício para o aumento de casos. 

    Trabalhadores de frigorífico protestam por medidas contra a covid em Rolândia
    Foto por Reprodução
     

    Segundo o sindicato, a frase que conduz a campanha remete à desvalia do trabalhador praticada pelos frigoríficos no Brasil. "Uma denúncia que revela a falta de cuidado com a saúde dos trabalhadores, a resistência das grandes empresas em adotar medidas de proteção à Covid-19, enquanto aumentam consideravelmente seus lucros durante a pandemia. Investem em testagem de carcaças e embalagens, promovem doações de ambulâncias e respiradores, ao mesmo tempo em que assistem passivamente o adoecimento de trabalhadores e suas famílias", diz a nota oficial do Stiaar. 

    A reportagem tenta contato com o frigorífico. 

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Região

    Deixe seu comentário sobre: "Trabalhadores de frigorífico protestam por medidas contra a covid em Rolândia"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.