Justiça determina bloqueio de bens da prefeita de Cruzmaltina - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

MINISTÉRIO PÚBLICO

Justiça determina bloqueio de bens da prefeita de Cruzmaltina

Entrada da cidade
Foto por Redes Sociais
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O Juízo da Vara da Fazenda Pública de Faxinal, no Norte-Central do estado, determinou liminarmente o bloqueio de bens em R$ 39.790,85 da prefeita de Cruzmaltina, município da comarca. A decisão responde pedido formulado em ação civil pública por ato de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça de Faxinal.

De acordo com a ação, a prefeita “se utilizou do cargo para perseguir servidores públicos, em manifesto desvio de finalidade, determinando remoções apenas para satisfazer interesses políticos e pessoais”. O caso que originou a ação refere-se a uma servidora com deficiência que teria sido transferida para um local sem acessibilidade por haver se manifestado, durante a campanha eleitoral, a favor de seu irmão, candidato derrotado pela atual prefeita.

Na análise do mérito da ação, o MPPR requer a condenação da ré às sanções previstas na Lei de Improbidade, como perda da função pública, suspensão dos direitos políticos e pagamento de multa civil. O bloqueio de bens busca garantir o pagamento da multa em caso de condenação.

Deixe seu comentário sobre: "Justiça determina bloqueio de bens da prefeita de Cruzmaltina"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.