Consórcio regionaliza venda de produtos de origem animal - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

CENTRO DO PARANÁ

Consórcio regionaliza venda de produtos de origem animal

Produção de queijo artesanal
Foto por Arquivo Tn Online
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Na próxima quinta-feira (28), os 15 prefeitos do Núcleo Regional da Seab de Ivaiporã e outros 15 prefeitos da região central do Paraná oficializam em webconferência, a adesão ao Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Rural e Sustentável da Região Central do Estado do Paraná (CID Centro). 

O consorcio intermunicipal vai facilitar a comercialização de produtos de origem animal entre as 30 cidades, ampliando a área de abrangência da certificação municipal.

O médico veterinário do Núcleo Regional da Seab de Ivaiporã, Carlos Eduardo dos Santos, explica que a regionalização das vendas só foi possível graça as mudanças que ocorreram no ano passado no   Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA). 

Com a nova legislação, a produção local - seja de leite e derivados, carne, embutidos, peixes, mel - originária de um município poderá ser levada para venda em feiras, mercados, supermercados de cidades consorciadas, desde que atendidas as exigências legais e sanitárias, com a utilização de selo de qualidade estampado nos produtos do consórcio. 

“Era uma legislação que vinha engessada e amarrada desde 1952. Veio esta nova legislação mais flexível e pudemos fazer essa parceria com o CID Centro para ajudar os produtores, empresários dos 30 municípios a terem um mercado maior para venderem seus produtos”, esclarece. 

Segundo Santos, com a adesão ao consórcio CID Centro, os produtores terão uma região com aproximadamente 500 mil habitantes para comercializar e desenvolver as agroindústrias.

“A partir deste momento, os produtores que industrializam produtos de origem animal estarão aptos a vender seus produtos nos 30 municípios. Desde Guarapuava, região lá de Pitanga e a nossa região aqui de Ivaiporã, São João do Ivaí até Faxinal”, completa Santos.

Para que o produtor possa fazer a comercialização dos produtos legalmente na região dos municípios consorciados, ele deverá estar inscrito no Serviço de Inspeção Municipal (SIM).

 

Deixe seu comentário sobre: "Consórcio regionaliza venda de produtos de origem animal"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.