Cindepar estuda implantação de LED nos municípios - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Iluminação

Foto por
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Uma reunião com diretores e assessores jurídicos da Sercomtel Iluminação, empresa pública de Londrina, pode jogar luz em possíveis parcerias para a implantação de luminárias do padrão “Light Emitting Diode”, o popular LED, nas cidades que integram o Consórcio Público Intermunicipal de Inovação e Desenvolvimento do Estado do Paraná (Cindepar). O encontro foi nesta quarta-feira, dia 6, na sede da empresa.

A modernização da iluminação pública das cidades pela tecnologia LED seria muito vantajosa para os 153 municípios signatários do consórcio. A própria experiência de Londrina, que também está no Cindepar e tem um parque de iluminação de 65.000 pontos, pode servir de exemplo. O LED tornou-se coqueluche na cidade e ganhou o gosto do londrinense. Hoje a Sercomtel Iluminação já instalou 20.000 unidades, inclusive nos distritos rurais, e a proposta da prefeitura e do prefeito Marcelo Belinati é modernizar todo o município através de um programa de médio prazo chamado “Londrina Cidade Iluminada”.

“A iluminação LED é mais eficiente que as luminárias convencionais, são mais econômicas, mais fortes e duráveis, propiciando uma grande economia para os municípios”, descreve o presidente da empresa, Luciano Kühl. A luz LED é branca, dá melhor definição visual e contribui substancialmente na segurança pública, “inibindo a criminalidade durante a noite”, destaca Kühl.

Ele lembra ainda que a tecnologia favorece também a melhor visibilidade no trânsito noturno e melhora a sensação de bem estar, dando mais vida para a cidade, nas vias públicas e praças. Além disso, uma luminária com esta tecnologia consome bem menos energia que a lâmpada convencional, atendendo às expectativas de economicidade e preservação do meio ambiente.

Outro aspecto interessante que a Sercomtel Iluminação poderia providenciar para os municípios seria embarcar nas luminárias uma tecnologia de “telegestão”, através da qual é possível controlar cada ponto de luz de forma remota, possibilizando agilidade, economia e otimização da iluminação. O LED e a telegestão conjugados é o princípio do processo de transformação do município dentro do conceito de “cidade inteligente”.

O presidente do Cindepar e prefeito de Sabáudia, Hugo Manueira, reforça que a parceria realmente poderia levar economia e agilidade no processo de modernização da iluminação pública dos municípios signatários do consórcio. “A proposta é formalizar a contratação direta de uma empresa como a Sercomtel Iluminação, e por um custo menor e com o oferecimento de serviços otimizados”. Manueira destaca que o Cindepar, que já oferece para as prefeituras pavimentação asfáltica a custos excelentes, poderia oferecer a mesma condição na implantação de LED, e com a qualidade de uma empresa de renome estadual e nacional.

A direção do Cindepar e da Sercomtel Iluminação vão agora aprofundar detalhes da possível parceria e realizar contatos com os municípios interessados. A intenção seria iniciar o processo de implantação de LED assim que a crise do coronavírus for superada.

PRESENÇAS – Na reunião de hoje estavam presentes, além do presidente Hugo Manueira, o diretor executivo Jorge Luiz Almada; o presidente da Sercomtel Iluminação, Luciano Kühl; diretor de Operações, Alexander Farias Fermino; e os jurídicos da Sercomtel Iluminação, Rogério Donizete da Silva e Elaine Cristina de Morais Capelari.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Cindepar estuda implantação de LED nos municípios"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.