Região

Cemitérios da região esperam 80 mil pessoas até Finados

Da Redação ·

Aproximadamente 80 mil pessoas devem passar pelos cemitérios municipais de Apucarana, Arapongas e Ivaiporã entre o final de semana e o feriado de Finados, na segunda-feira. A expectativa de público gera alerta entre autoridades de saúde, que estão elaborando uma série de protocolos para dar segurança aos frequentadores e evitar aglomerações. Muitas pessoas estão seguindo as orientações e adiantando as visitas. 

continua após publicidade

É o caso do aposentado apucaranense Gerson Alves de Oliveira, 70 anos. Ele preferiu ir até o Cemitério Cristo Rei nesta sexta-feira, justamente para evitar as aglomerações no feriado. “Eu fiquei com medo de deixar para vir e encontrar muita gente. Então me adiantei e já prestei minha homenagem com tranquilidade, sem medo da pandemia. Eu já estou trancando há tanto tempo em casa, que não quero me arriscar agora”, comenta.

Helena Boroniak que também é idosa e integra o grupo de risco, foi outra que garantiu visita adiantada. Para ela é importante pensar na saúde. “Sempre venho no dia 2, participo de missas, mas esse ano tudo está sendo diferente, então já me adiantei, já visitei os túmulos que eu queria e no dia 2 fico tranquila em casa, sem me preocupar com aglomerações”, disse.

continua após publicidade

Para evitar as aglomerações, a Autarquia de Serviços Funerários de Apucarana (Aserfa), que estima que cerca de 30 mil pessoas passem pelos cemitérios da cidade, vai contar com apoio da Guarda Municipal. “Esse movimento gera um grande alerta, estamos vivendo um ano atípico. Vamos contar com o apoio de guardas municipais que vão fiscalizar com o objetivo de evitar aglomerações”, detalha o diretor da Aserfa Marcos Bueno, reforçando que o uso de máscara é obrigatório e haverá distribuição de álcool gel nas entradas.

Nos três dias, os cemitérios da cidade abrem às 7 horas e fecham às 19 horas. A ampliação do horário visa justamente diluir a visitação.

Em Arapongas, a administração do Cemitério Municipal estima um público de 30 mil pessoas durante o final de semana prolongado e também vai adotar distribuição de álcool gel e exigir uso da máscara. “Além da propagação da Covid-19 estamos preocupados também com a dengue, então que todos que foram levar vasos com flores, que retire o plástico para evitar que a água parada”, repassou o gerente do cemitério de Arapongas Albino Amaral.

Da redação