Região

Justiça afasta veterinário do Canil Municipal

.

Uma decisão da Justiça determinou, no final da semana passada, o afastamento do veterinário da Autarquia Municipal de Saúde (MAS), Flávio Boiça, da direção do Canil Municipal de Apucarana. A medida é resultado de uma ação civil pública do Ministério Público impetrada na Justiça, após denúncias de que animais estariam sendo mortos por envenenamento no Canil, no ano passado.


De acordo com o promotor de Meio Ambiente, Eduardo Augusto Cabrini, outros dois funcionários do Canil Municipal também tiveram o afastamento determinado pela Justiça. Ele assinala que um exame junto ao Instituto de Criminalística de Curitiba comprovou que a substância encontrada no estabelecimento era chumbinho, produto clandestino utilizado irregularmente como raticida. “Foi por isso que entramos com uma ação por improbidade administrativa”, assinala.


Procurada pela reportagem da Tribuna, a assessoria de imprensa da AMS informou que Boiça não estava mais na coordenação do Canil. A AMS também ainda não teria sido notificada oficialmente sobre a decisão.