Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Região

Mulher de 24 anos procura a polícia dizendo que é menina desaparecida há 17 anos em Florestópolis 

.

Foto de Luana, menina de 8 anos desaparecida em 2003 (Sicride)
Foto de Luana, menina de 8 anos desaparecida em 2003 (Sicride)

Após 17 anos, o desaparecimento de uma menina de 8 anos em Florestópolis, localizada entre Rolândia e Porecatu, volta a ser investigado nesta terça (10), pelo Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride), da Polícia Civil.

O caso foi reaberto após uma mulher de 24 anos aparecer na cidade dizendo que é Luana Oliveira Lopes, a garota desaparecida em novembro de 2003.

De acordo com informações do Sicride, Luana saiu com o irmão, que na época tinha 10 anos, para buscar leite em uma propriedade rural vizinha de onde moravam. No caminho, os dois foram abordados por um caminhoneiro e obrigados a entrar na carroceria do veículo.

O menino conseguiu escapar, mas foi agredido pelo homem. Ao encontrar os pais e a polícia ser chamada, ele contou que conseguiu sair do caminhão quando o motorista abriu a porta. No entanto, a irmã, a Luana, não conseguiu escapar.

Na época, a Polícia Civil chegou a prender um homem suspeito do crime no Rio Grande do Sul. Porém, as suspeitas não se confirmaram.

O irmão de Luana também foi levado para capital do Paraná para realizar uma sessão de hipnose, na tentativa de fazer um retrato falado do sequestrador, mas nenhum suspeito foi identificado e preso.

O Sicride informou que a jovem que diz ser Luana, a menina desaparecida, vai realizar um exame de DNA para confirmar ou não a identificação. A equipe já está a caminho de Florestópolis para investigar. Na tarde de hoje também será realizada uma coletiva de imprensa sobre o caso em Curitiba. 

Com informações Sicride e G1 Paraná. 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Região

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber