Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Região

Ciclistas opinam sobre implantação de ciclovias na cidade

.

Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã
Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã

Na segunda-feira, dia 2 de março, o prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, e a engenheira civil da Gasini - Projeto, Consultoria e Treinamentos de Maringá, Bárbara Marchesini, se reuniram com representantes de grupos de ciclistas para ouvir a opinião sobre a implantação de ciclovias na cidade. 

O debate é resultado do projeto de sinalização viária (horizontal, vertical e semafórica) solicitado pela Prefeitura de Ivaiporã, que visa melhorar o trânsito do município. O projeto é desenvolvido pela Gasini - Projeto, Consultoria e Treinamentos. 

“O objetivo é incentivar o uso das bicicletas como meio de transporte e proporcionar mais segurança aos usuários. Por isso, é importante ouvir a opinião dos ciclistas tendo em vista o crescimento do uso de bicicleta por jovens e adultos”, justificou o prefeito Miguel Amaral. 

A ciclista Bruna Giselli Silva, que representou o grupo Elas no Pedal – formado por 63 mulheres, sugeriu vários trechos interligando bairros, vilas e jardins ao centro da cidade e enfatizou a importância do acesso às escolas municipais e particulares.
Segundo Silvia Nardi, representante do grupo de Ciclistas do Vale, formado por 125 ciclistas, é importante promover uma campanha de conscientização dos motoristas visando evitar acidentes no trânsito de Ivaiporã, onde a frota de veículos e motos cresce anualmente. 

“Optamos por pedalar fora da cidade por uma questão de segurança. Mas Ivaiporã precisa de ciclovias que liguem algumas áreas do município ao centro da cidade, porque muitos ciclistas usam a bike como meio de transporte”, comentou Silvia Nardi. 

O professor do Campus do IFPR (Instituto Federal do Paraná), Mateus Falleiros, também participou da reunião e sugeriu o incentivo ao uso de patinete elétrico por entender que se trata de meio prático e ecológico. Mateus Falleiros se locomove com patinete elétrico e garante que é muito econômico. Mas é preciso ter vias adequadas. 

O engenheiro civil Paulo Otávio Ghizoni, que é diretor de Políticas Públicas da Associação dos Engenheiros do Vale do Ivaí (Asseavi), defendeu que é preciso elaborar um projeto de mobilidade urbana pensando nos motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres. 

Segundo o diretor do Departamento Municipal de Obras, Bruno Montoro, que também participou da reunião, o pré-projeto de sinalização viária será entregue nos próximos 15 dias. 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Região

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber