Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Região

Jovem é alvejado com um tiro no braço pela PM em Lunardelli

.

Imagem ilustrativa (Divulgação)
Imagem ilustrativa (Divulgação)

Um jovem acabou alvejado com um disparo de arma de fogo no braço por um policial de plantão do Destacamento da Polícia Militar (DPM) de Lunardelli. O caso foi registrado na madrugada de ontem (01), depois que um motociclista e o passageiro não atenderam ordem de parada, após um suposto atentado ao destacamento.  

Segundo informações do Boletim de Ocorrência da Polícia Militar (PM), os policiais trabalhavam internamente no DPM, quando ouviram um barulho muito forte de motor de motocicleta em frente ao portão do destacamento. 

De imediato os policiais saíram e avistaram dois rapazes levantando uma moto Honda. Ambos morenos, trajando blusa moletom e de capacete, sendo que o passageiro da motocicleta estava de bermuda e tênis, e o condutor estava com uma calça camuflada e tênis. Conforme os policiais o passageiro segurava na sua mão direita um objeto reluzente cromado idêntico à arma de fogo. 

Sendo dado voz de abordagem, o condutor tentou arrancar bruscamente a moto e o garupa que estava a cerca de dois metros fez menção de levantar a arma em direção aos policiais. Temendo pela vida dele e do parceiro, um dos soldados efetuou um disparo e procurou abrigo. Na sequência, os envolvidos empreenderam fuga.

Foi acionado reforço da equipe de inteligência da 6° CIPM, bem como à equipe Rotam. Também compareceu ao destacamento a equipe de São João do Ivaí, no intuito de localizar os autores do possível atentado. Pouco depois de iniciar patrulhamento, os policiais receberam informação que um jovem teria dado entrada no Hospital Maternidade Lunardelli, vestindo calça camuflada e com um ferimento no braço.

No hospital os policiais reconheceram o jovem como sendo um dos autores do possível atentado. O rapaz negou ter participação em qualquer crime, porém confirmou que havia levado o tiro após acelerar a moto em frente ao destacamento policial. Ele e o amigo são moradores da cidade de São Pedro do Ivaí. 

Disse  ainda que não sabia do paradeiro do colega, nem da motocicleta e tampouco da arma de fogo que ele alegou desconhecer, e acreditava que o amigo estaria carregando acessórios para “narguilé”. 

Após receber os primeiros socorros no hospital de Lunardelli, o rapaz acabou sendo transferido para a Santa Casa de São Pedro do Ivaí e depois para o Hospital da Providência em Apucarana, onde recebeu atendimento médico. Posteriormente foi entregue à Delegacia de Policia Civil de São João do Ivaí por volta das 07h15.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Região

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber