Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Região

Plantio de grãos safra verão 2019/2020 chega à reta final na região de Ivaiporã

.

Da área plantada com a soja na regional 80% se encontra em fase de germinação e 20% entrando em fase de desenvolvimento. (Foto: Ivan Maldonado)
Da área plantada com a soja na regional 80% se encontra em fase de germinação e 20% entrando em fase de desenvolvimento. (Foto: Ivan Maldonado)

O plantio dos grãos soja e milho safra 2019/2020 nos 15 municípios do Núcleo Regional de Ivaiporã da Secretária de Estado e Abastecimento (Seab) entrou na reta final. Conforme relatório do Departamento de Economia Rural (Deral) apesar da pouca umidade, a semeadura deve ser cumprida dentro do período agroclimático indicado.  O plantio do feijão das águas já foi concluído na regional. 

Conforme Sergio Carlos Empinotti, agrônomo do Deral, da área destinada ao plantio da soja na regional 90% já foi semeada. “Mesmo com pouca umidade o pessoal plantou e está germinando, se der uma chuva boa nos próximos dias o plantio será concluído até o dia 5. A vantagem do plantio em uma época só, é que os tratamentos fitossanitários serão mais ou menos por igual”.

O relatório mostra que da área plantada com soja na regional 80% se encontra em fase de germinação e 20% entrando em fase de desenvolvimento. Na regional, a média de produção do grão é de 3.6 mil quilos por hectare. Com o clima colaborando a estimativa de produção é de 568 mil toneladas.

O   milho verão tem situação de plantio semelhante à soja. “O milho ainda vai até o final de novembro, mas aqui na região o pessoal plantou praticamente quase tudo restando cerca de 10% da área prevista”. Na região a média de produção do milho é de 8 mil quilos por hectare. “Se tudo correr bem a previsão de colheita é de 14.4 mil ton.”, relata Empinotti. 

A média de produtividade do feijão das águas na regional é de 1.7 mil quilos por hectare.

Área de plantio

Em relação à safra anterior, a área estimada para a soja nesta temporada terá aumento de 2 mil hectares. No ano passado foi semeado nos municípios da regional 156 mil ha. na safra atual a estimativa é de 158 mil ha. 

O milho/verão terá redução de 800 ha, no ano passado os produtores da região plantaram em 4.6 mil ha. na atual temporada a estimativa é de 3.8 mil ha. O feijão das águas perdeu quase metade da área plantada em relação a 2018. Se no ano passado a o plantio foi em 3 mil ha. este será em apenas 1.8 mil ha.

“A soja tem mais viabilidade econômica, preço firme e mais segurança na comercialização. Por conta disso, o pessoal está optando por plantar o milho segunda safra  que acontece após a colheita da soja. O feijão vem perdendo espaço por causa de outras regiões do país também produzirem muito bem a leguminosa, e hoje a produção é basicamente para o consumo aqui da região”, afirma Empinotti.  
 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Região

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber