Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Região

Prefeitura de Marilândia lança programa de qualificação profissional 

.

A Prefeitura de Marilândia do Sul lança neste mês de outubro, um dos projetos mais inovadores de qualificação profissional que a cidade já teve. Com o objetivo principal de dar suporte para que pessoas desempregadas, possam se preparar profissionalmente e alcançar a recolocação no mercado, surge o Programa Frente de Trabalho.

Depois de todas as etapas legais para a implantação do programa, chega o momento de colocar a ideia em prática. “Foram meses de planejamento para que esse nosso projeto pudesse sair do papel, a administração pública possui várias etapas legais, que são importantes para a transparência da gestão. Depois de muito trabalho, chegou o momento de fazer a diferença na vida das pessoas.” Comentou o Prefeito Aquiles Takeda.

A Secretaria de Assistência Social será responsável pelo acompanhamento do programa, começando com a fase de inscrições, que terá início no próximo dia 23 de outubro e vai até 01 de novembro. Interessados deverão procurar o CRAS do Município, que fica na Rua XV de Novembro, número 1314, próximo ao Fórum Eleitoral.

“É importante que todos fiquem atentos ao prazo de inscrição, do dia 23 de outubro ao dia 01 de novembro, pois quem perder essa etapa, só poderá participar do programa, em uma segunda fase do projeto, que só deve acontecer em 2020, sendo que não serão aceitos cadastros fora das datas previstas no edital.” Lembrou a Secretária Vanessa Ferreira.

A bolsa-auxílio, oferecida aos participantes, será de um salário mínimo, valor pago mensalmente como forma de suporte financeiro, durante o período em que os convocados estiverem regularmente ativos no programa, que vai contar com cursos profissionalizantes a tarefas manuais, como, manutenção, limpeza, conservação e restauração de espaços públicos.

A jornada de atividades prevista no Programa Frente de Trabalho será de 30 horas semanais, mais participação em cursos variados de qualificação profissional, com o mínimo de 20 horas de duração. Toda a carga horária está prevista na lei 416/2019, criada pela Prefeitura Municipal de Marilândia do Sul, que permitiu a realização do programa.

Para garantir a rotatividade dos participantes, a administração definiu o período máximo de permanência, sendo que o contrato será de 6 meses, e poderá ser prorrogado pelo mesmo período, fazendo assim, com mais pessoas possam ter a chance de participar. “Vamos abrir o maior número de vagas possível, sem comprometer outros setores da administração, queremos que esse programa seja apenas o início de uma nova vida para muitos moradores.” Completou o Prefeito.

Entre os requisitos para a participação do programa, destaque para a idade mínima de 18 anos, tempo de desemprego superior a seis meses e comprovação de residência fixa no município há pelo menos dois anos, além disso, a Frente de Trabalho não convocará mais do que um participante por família. Mais informações podem ser obtidas na Secretaria de Assistência Social.

Com informações: OAB-PR.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Região

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber